Patrícia Campos Mello processa Bolsonaro por danos morais após ofensas de cunho sexual

Patrícia Campos Mello, repórter especial da Folha de S.Paulo, apresentou à Justiça um pedido de indenização por danos morais contra o presidente Jair Bolsonaro, após os ataques e insultos com insinuações sexuais que ele lhe fez.

O caso em questão refere-se ao comentário de Bolsonaro sobre a polêmica da CPMI das Fake News, onde Hans River, ex-funcionário de uma empresa de disparos de mensagens em massa, disse que a repórter da Folha teria “dado em cima dele” para obter informações. O presidente comentou sobre o ocorrido, afirmando que Patrícia “queria um furo, queria dar o furo a qualquer preço contra mim”.

Os advogados de Patrícia relataram também que já iniciaram processos cíveis contra Hans River e contra Allan dos Santos, apresentador do canal Terça Livre, também por causa de ofensas de cunho sexual feitas a ela.

Com informações da Folha de S.Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *