Entidades repudiam inclusão da EBC no programa de privatização do governo

Logo EBC

A Frente em Defesa da EBC e da Comunicação Pública, que reúne dezenas de entidades da sociedade civil e de trabalhadores da empresa, incluindo a Fenaj, repudiou em nota a intenção do presidente Bolsonaro em privatizar a EBC. Em decreto publicado em 21/5, o governo federal incluiu a EBC no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), nome adotado pela gestão Bolsonaro para seu programa de privatizações.

Segundo o texto, o decreto visa a “possibilitar a realização de estudos e a avaliação de alternativas de parceria com a iniciativa privada” e que “o prazo para conclusão dos trabalhos do Comitê Interministerial será de 180 dias, contado da data de contratação dos estudos”. Diz trecho da nota da Frente: “A qualificação, portanto, da EBC no PPI do governo federa0l, significa um desrespeito à Constituição, um ataque ao direito à informação da sociedade brasileira e uma redução da transparência do Poder Executivo. Conclamamos a sociedade a lutar conosco para reverter esta medida”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *