3.8 C
Nova Iorque
quarta-feira, dezembro 8, 2021

Buy now

Movimentação em O Globo consolida foco no digital

* Por Cristina Vaz de Carvalho

Em comunicado no final da tarde desta 2ª.feira (10/3), Ascânio Seleme, diretor de Redação de O Globo, anunciou uma grande movimentação entre os profissionais da casa, sendo 12 desligamentos e 22 contratações.

As mudanças engendradas há algum tempo no jornal, que têm o objetivo de ampliar os avanços na área digital, consolidam-se agora. O novo fluxo de trabalho entra em vigor daqui a duas semanas, em 24 de março. Deixam o jornal o chefe da sucursal de São Paulo Orivaldo Perin, a editora de Economia Cristina Alves, e o editor de Imagem Ricardo Mello.

Luiz Antonio Novaes, o Mineiro, assume São Paulo, ele que foi, até o ano passado, editor-executivo do jornal na sede. Perin não deve se aposentar, mas voltar ao mercado do Rio. Maria Fernanda Delmas assume a Economia, depois de responder pela edição digital vespertina do Globo a Mais. Será substituída por Ana Lucia Azevedo, atual editora de Ciência e Saúde. Gustavo Villela deixa a Economia e assume o Acervo, antes a cargo de Leticia Helena, que deixa o jornal, assim como outra editora-assistente, Nivia Carvalho. Saíram também técnicos de tratamento de imagem da Fotografia.

As áreas de cobertura do jornal serão agrupadas por temas, sob a responsabilidade de um coordenador. Editorias de Paí­s, Mundo, Sociedade e Esportes ficam a cargo dos próprios editores. Gilberto Scofield responde pela editoria Rio e pelos jornais de Bairros. A editora de Economia Fernanda Delmas vai cuidar também de Carros. Uma área de Cultura – abrangendo Segundo Caderno, Revista O Globo, Revista da TV e o suplemento Rio Show – será coordenada por Fátima Sá, editora do Segundo Caderno. E uma área de Estilo, que reúne os suplementos Ela, Gourmet e Boa Viagem, passa a ser coordenada por Ana Cristina Reis, atual editora do Ela. Uma novidade é a criação da editoria Sociedade, que vai englobar as notí­cias de Ciência, Saúde, Educação, Digital e Mí­dia, Religião, Sexo, História. Para chefiá-la foi convocado William Helal Filho, que foi editor do suplemento experimental Formou!, para universitários.

Mudam também as colunas. Sociedade terá revezamento de colunistas. Aí, Flávia Oliveira vai assinar nova coluna duas vezes por semana, sobre temas da atualidade. Extingue-se a Negócios & Cia, da Economia, e, das repórteres de apoio de Flávia, Glauce Cavalcanti permanece na Economia e Dandara Tinoco a acompanha em Sociedade. Cora Rónai e Pedro Doria mantêm suas colunas semanais sobre o mundo digital, agora publicadas na nova editoria.

Antonio Gois virá com coluna semanal sobre Educação. Haverá mais duas colunas, sobre Religião e Sexo, e os titulares ainda não foram anunciados. No Segundo Caderno, Cléo Guimarães, após quase um ano de interinidade, assume em caráter definitivo a coluna Gente Boa. Estão previstas 22 contratações no jornal, principalmente para compor equipes de vídeo, reforçar o site do jornal e as sucursais. Abre-se uma vaga de repórter em Brasília, além das duas que foram criadas no início do ano. Em São Paulo, são duas vagas de repórter. Para o site, chegarão cinco repórteres, para mediação de comentários e reforço da presença no celular, e mais um editor júnior, que vai trabalhar com o editor Eduardo Diniz na capa e na coordenação do time de mídias sociais.

Está em montagem uma nova estrutura de ví­deo, que abrirá dez vagas: uma de editor júnior, três de âncora, três de produtor de conteúdo e três de técnico de mesa. Roberto Maltchik assume a editoria de ví­deo e sua vaga em País será preenchida por Cristina Tardáguila, esta substituída por Eduardo Fradkin, vindo do Rio Show. Serão três fechamentos diários, o primeiro deles ao meio-dia e, por último, o impresso, com um apanhado geral do dia. Para tanto, as principais editorias abrem os trabalhos às 7h da manhã.

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,052SeguidoresSeguir
18,900InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese