Editora Três atrasa salários e PJs cogitam paralisação

Desde a semana passada, jornalistas que atuam no regime Pessoa Jurídica (PJ) nas revistas da Editora Três, entre eles editores, repórteres e profissionais de arte, cobram atrasos no pagamento de salários. Os funcionários contratados como CLT estão com os vencimentos em dia. A informação é do Portal Imprensa, que apurou ainda que na última 4ª.feira (6/5), a empresa admitiu ao Sindicato dos Jornalistas de São Paulo o atraso nos pagamentos em razão de problemas no fluxo de caixa e garantiu à entidade que acertaria os salários entre 5ª (7/5) e 6ª.feiras (8/5). O Sindicato agendou para esta 6ª.feira, às 17h, reunião com os jornalistas da editora. Caso não haja o pagamento nem a definição de uma data para a quitação dos débitos, os profissionais cogitam uma paralisação na 2ª.feira (11/5).

Workshop Mega Brasil