Das 130 demissões no Grupo RBS, 40 foram de jornalistas

Dos 130 cortes feitos na última 4ª.feira (6/8) pelo Grupo RBS, 40 foram de jornalistas. A informação é do Coletiva.net, que entrou em contato com a diretora de Comunicação Corporativa da organização Anik Suzuki. Entre os profissionais que deixaram o grupo estão Klécio Santos, editor-chefe da sucursal em Brasília; Alexandre Bach, que atuava como editor-chefe do Diário Gaúcho; André Feltes, editor de Fotografia do jornal; Clever Moreira, editor de Cidades do Pioneiro; Sérgio Negrão e André Pinheiro, respectivamente editor-chefe e editor assistente do Hora de Santa Catarina; Sicilia Vechi, editora de Geral do Diário Catarinense; e o gerente executivo das rádios de Santa Catarina Gabriel Fiori. Demissões também ocorreram nas áreas de reportagem e arte de veículos como A Notícia e Jornal de Santa Catarina. A empresa também deve anunciar nos próximos dias alterações em sua diretoria executiva, com a confirmação da ida de Marcelo Rech, diretor executivo de Jornalismo, para Brasília. Ele deve acumular as funções de Klécio Santos e de Alexandre Kruel Jobim, vice-presidente Jurídico e de Relações Governamentais, que deixa o grupo. É provável que o atual cargo de Rech seja extinto e que algumas de suas atribuições passem a Marta Gleich, diretora de Redação dos Jornais do Grupo RBS.