Caco Alzugaray fala sobre a crise na Editora Três

J&Cia recebeu recentemente manifestações de colegas da Editora Três sobre recorrentes atrasos de salários. Segundo um deles, a empresa, em recuperação judicial desde agosto de 2007, vem atrasando há tempos os pagamentos, embora mantivesse alguma regularidade nos desembolsos até maio passado, o que teria deixado de fazer. Como resultado, de acordo com a mesma fonte, os profissionais enfrentam problemas de toda ordem em suas vidas pessoais e muitos têm deixado a empresa.

Em função disso, solicitamos a Caco Alzugaray, presidente executivo da empresa, um posicionamento oficial sobre a situação relatada. Transcrevemos a seguir a íntegra da declaração que nos enviou:

“Caros, não é novidade para ninguém em nossa atividade que o jornalismo profissional está passando pelo seu desafio de toda uma existência. O Jornalismo virou praticamente uma missão amparada por outras operações financeiras, como, para citar poucos exemplos, o da Folha de S.Paulo pela Pag Seguro (Moderninha), o da Infoglobo pela Globopar (Big Brothers, Campeonatos de futebol/acordos com a CBF etc…), o da Editora Abril, amparado por um grande banco de investimentos, como o de importantes sites amparados por importantes instituições financeiras, e assim por diante. Ou seja, neste novo e desafiador contexto, a Editora Três tem tentado se manter como uma das únicas empresas brasileiras de mídia independente, e isso nos traz uma dificuldade peculiar em relação às outras.

Estamos nos esforçando para que todas as questões salariais sejam resolvidas, para que os empregos de nossos jornalistas sejam preservados e lamento que este grupo de profissionais que os tenham procurado tenham entendido que esta seria uma boa forma de ‘pressionar’ a direção da Três, pois isso apenas atrapalha o nosso trabalho de recuperação de nossa atividade de preservação do nosso jornalismo independente e profissional, cada vez mais raro em nosso País.”

11 comments

Get RSS Feed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *