Repórteres sem Fronteiras divulga balanço de mortes de jornalistas em 2017

Balanço anual

Um balanço da ONG Repórteres sem Fronteiras indicou que 65 jornalistas foram mortos em 2017, seja pelo resultado de suas investigações ou no exercício da profissão.

A pesquisa apontou ainda que 326 profissionais foram presos, 54 feitos de reféns e dois desaparecidos. O levantamento engloba os profissionais de formação, colaboradores de meios de comunicação e jornalistas cidadãos. Confira a íntegra da pesquisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *