Ranking J&Cia ? Eliane Brum é a mais premiada de todos os tempos

Entre os top ten, está acompanhada por Miriam Leitão, Caco Barcellos, Marcelo Canellas, José Hamilton Ribeiro, Mônica Bergamo, Carlos Wagner, Giovani Grizotti, Clovis Rossi e Fernando Rodrigues   A gaúcha Eliane Brum é a mais premiada jornalista brasileira de todos os tempos e não se tome o substantivo feminino ?premiada? como sinônimo de feminismo. Ganhou entre todos os jornalistas brasileiros a primeira colocação no Ranking Jornalistas&Cia dos Mais Premiados Jornalistas Brasileiros com a expressiva marca de 840 pontos, advindos das dezenas de prêmios de jornalismo que ganhou Brasil afora ao longo de sua bem sucedida carreira. Blogueira de Época, desde que deixou a pedido o dia a dia da revista e o cargo de repórter especial, Eliane continua sendo líder de audiência, com seus textos instigantes e reportagens memoráveis. Tudo isso agora dividido com cinema e literatura. Para provar que as mulheres passaram a exercer uma influência estupendamente grande no cenário jornalístico, a segunda jornalista mais premiada de todos os tempos, no Brasil, pelo Ranking Jornalistas&Cia, é a carioca Miriam Leitão, que divide seu concorrido tempo entre O Globo, GloboNews, CBN e TV Globo. Ele obteve a expressiva marca de 685 pontos. O terceiro mais premiado jornalista brasileiro é o também gaúcho Caco Barcellos, atual condutor do programa Profissão Repórter, da Rede Globo, repórter talentoso desde o berço jornalístico, no Rio Grande do Sul. Deixou sua marca por onde passou, arrebatando múltiplos prêmios. Com as várias conquistas nesses quase 40 anos de carreira, somou 675 pontos, ficando a apenas 10 pontos de Miriam. Em seguida, na quarta colocação, outro gaúcho, Marcelo Canellas, também da Rede Globo, porém atuando sob a responsabilidade da sucursal de Brasília. Ele atingiu 605 pontos. Como o Brasil todo tem acompanhado, suas matérias estão entre as melhores da televisão brasileira, daí estar sempre presente como finalista nas mais importantes premiações do País. O caipira paulista de Santa Rosa do Viterbo José Hamilton Ribeiro arrebatou o quinto lugar, posição que não lhe tira o título de um dos maiores repórteres da história do jornalismo brasileiro. Há quase três décadas no Globo Rural, seus prêmios começaram na memorável Realidade dos anos 1960 e se prolongaram pelas cinco décadas seguintes, incluindo vários Esso, dos quais muito se orgulha. Inspirador de Jornalistas&Cia, nossa equipe rende a ele uma homenagem especial pela vitoriosa carreira e pelos 595 pontos conquistados. Em sexto lugar, outra paulista, a colunista Mônica Bergamo, que entra nesta primeira edição do Ranking Jornalistas&Cia com 552,5 pontos. Grande parte de suas conquistas surge a partir de sua entrada no colunismo, por iniciativa de Otávio Frias Filho, que a convidou para suceder a Joyce Pascowitch na Ilustrada da Folha de S.Paulo. Titular da mais prestigiada coluna do País, Mônica tem publicado em seu espaço alguns dos mais importantes furos do jornalismo brasileiro. Como sempre dando um banho de bom jornalismo, os gaúchos também ficaram com a sétima colocação do Ranking. Carlos Wagner, de Zero Hora, atingiu 537,5 pontos. Entra ano, sai ano, dificilmente os prêmios de maior prestígio do País chegam ao desfecho sem que ele tenha ao menos um trabalho entre os finalistas. O oitavo classificado, para variar um pouco, também é gaúcho. Giovani Grizotti, contratado da RBS, é um dos mais importantes repórter da atualidade. Afiliada da Globo no Sul, os mais importantes trabalhos jornalísticos da RBS acabam virando atrações para os telejornais de rede da Globo, como Jornal Nacional, Jornal da Globo e Hoje, além do Fantástico. E é neles que as principais matérias de Grizotti são exibidas cotidianamente. Ele atingiu a marca de 530 pontos. Em nono lugar vem o terceiro paulista da lista dos mais votados de todos os tempos: o repórter especial e articulista Clóvis Rossi, com 520 pontos. Clóvis é um dos mais respeitados profissionais do jornalismo brasileiro, já há quatro, cinco décadas. E não é sem razão que esse talento é há anos aproveitado de forma intensa pela empresa em que trabalha há décadas, a Folha de S.Paulo. Para fechar os top ten, um paulista que adotou Brasília e que ali, na sucursal da Folha de S.Paulo, tem feito história. Repórter especial e articulista, Fernando Rodrigues é um dos mais preparados jornalistas brasileiros no campo da análise política. Além de muito bem informado, vale-se do seu conhecimento e do manuseio de uma ampla base de dados públicos para mostrar as entranhas econômicas e os jogos de interesses dos políticos e da política brasileira aos leitores do jornal e de seu blog. Sua marca, no Ranking, foi de 405 pontos. Confira, a seguir a lista dos 200 mais premiados jornalistas brasileiros de todos os tempos pelo Ranking Jornalistas&Cia.Ranking J&Cia:Entenda o sistema de pontuaçãoOs vitoriosos de 2011