Rodrigo Cavalheiro

Rodrigo Cavalheiro nasceu em Bagé, RS, faz aniversário em 11 de março. É graduado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, em 1999. No mesmo ano fez parte do programa de treinamento RBS TV – Caras Novas. Graduou-se também em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, em 2002. Participou do Programa Balboa para Jovens Jornalistas, em 2004 e concluiu o Master em Jornalismo do diário El País – Universidade Autônoma de Madri/Espanha, em 2008.

No Zero Hora (Porto Alegre) foi repórter de Geral de 2000 a 2005 e no mesmo jornal passou a repórter e editor de Mundo e de Meio Ambiente entre 2006 e 2007.

Durante seis meses trabalho na editoria Internacional do jornal El País (Madri), como parte do Programa Balboa para Jovens Jornalistas Latino-americanos, em 2004. Também no ElPaís.com, atuou na reportagem como parte do Master em Jornalismo El País, em 2008, e seguiu em 2009 como colaborador.

Por quatro meses em viagem por terra no extremo norte ao sul da África fez, como freelancer reportagens, perfis, crônicas, fotos e vídeos que foram publicados pelo Zero Hora, durante a jornada africana em 2009 – Expedição África www.zerohora.com.br/africa)

Começou a trabalhar no jornal O Estado de São Paulo como chefe de reportagem de Internacional, em 2010 e no ano seguinte passou a subeditor de Internacional. – 2011

Durante a trajetória participou de várias coberturas internacionais, entre elas: Enquanto reformas não engrenam, Cuba refaz estoques de presos políticos (2011), Queda do vôo da Spanair em Madri (2008) e Atentados de 11 de março de 2004, também conhecidos como 11-Msetembro, em Madri (2004).

Em janeiro de 2008, o repórter Rodrigo Cavalheiro, pelo jornal Zero Hora, de Porto Alegre, recebeu o Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha na categoria Iberoamericana, pela série de reportagens Propina na Ruta 14. Escritas em parceria com o jornalista argentino Javier Drovetto, as matérias mostram as extorsões praticadas pela polícia rodoviária argentina contra motoristas e caminhoneiros brasileiros. Também foram publicadas no jornal Clarín, de Buenos Aires, em abril de 2007.

Conquistou ainda os prêmios Conf. Nacional dos Transportes (2007), Sindisergs (2007) e o Prêmio de Jornalismo Ministério Público do Rio Grande do Sul, 5ª edição, 2003, na categoria Reportagem/Impressa conquistado com a matéria Ministério Público define ação contra o crime, publicado dia 21 de fevereiro do mesmo ano, no Jornal Zero Hora.

Em janeiro de 2015 Rodrigo foi enviado pelo jornal O Estado de S. Paulo para a cobertura da Argentina. Deixou o posto de subeditor de Internacional e assumiu como correspondente internacional.

 

 

Atualizado em maio/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

https://rodrigocv.wordpress.com/

http://www.mprs.mp.br/imprensa/noticias/id2239.htm

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *