Mara Gama

Mara Gama é jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, (PUC-SP/1985), e com especialização em Design Gráfico (Senac/2004).

Sobre a trajetória falou da aproximação entre o jornalismo e o design: “sempre gostei de design e de arquitetura. Meu pai era arquiteto e eu tinha uma vivência familiar. Quando fiz jornalismo, na faculdade eu já diagramava o jornal. Eu gostava muito de fazer matéria, mas desenhava, diagramava o jornal, tinha um interesse natural por essa área gráfica”.

O primeiro emprego foi como repórter de economia. Depois, quando foi para a Folha, e no jornal cuidava de classificados de imóveis, fez matérias sobre o mercado imobiliário, mas também sobre design, arquitetura e urbanismo. Também nesse começo, começou a fazer revisão numa revista de arquitetura, que era a revista Arquitetura e Urbanismo, da editora Pini. A arquitetura aparecia sempre no roteiro de Mara. Na Folha de S.Paulo, foi redatora, repórter e editora-adjunta, passando pelas editorias de Suplementos, Política e Ilustrada.

No começo dos anos 90, morou na Itália e fez algumas contribuições com entrevistas para umas revistas brasileiras de arquitetura. Quando voltou para o Brasil, em 1992, trabalhou na MTV. Na emissora foi repórter das revistas Isto É, Arquitetura e Urbanismo e repórter da MTV Brasil. Atuou na MTV Brasil entre 1992 e 1995.

Fez parte da equipe editorial do portal UOL de 1995 a 2011. Foi integrante da equipe que implantou o UOL em 1996, desempenhou no portal as funções de Gerente de Informação, Gerente Geral de Criação, Gerente Geral de Entretenimento e Gerente Geral de Qualidade de Conteúdo.

Durante este período no UOL, comandou as equipes de jornalistas, designers e webmasters nos projetos de criação de sites e estações do portal. Participou da criação e implantação da Rádio UOL e da TV UOL e de especiais como os das Bienais de Internacionais de Arte de São Paulo, e de toda a área de Entretenimento. Na área de Qualidade, implantou o sistema de correção de erros e métricas de avaliação.

No UOL eu ficou numa área de criação, projetando e criando novos sites, a arquitetura de informação. Em 2004, ao fazer a pós-graduação em Design Gráfico no Senac, o trabalho final foi sobre a história do UOL contada através de suas home pages.

Durante a fase da pós manteve o trabalho jornalístico e fui se aproximando também mais do design de produto e pesquisa sobre história do design. Na época fez a primeira curadoria de exposição, sobre o Carlos Motta, no Museu da Casa Brasileira em 2004. Além da curadoria fez o texto, e se envolveu no projeto cenográfico, que acabou resultando em um vídeo sobre a arquitetura do Carlos Motta e o livro da exposição.

Participou também de um projeto em Salvador, com o acervo da Lina Bo Bardi, que se chama Fragmentos: Artefatos Populares, o Olhar de Lina Bo Bardi em 2009.

Ainda no UOL, em 2008 criou o seu blog para a cobertura da Feira de Milão que segue assinando o BlogDesign, com notícias sobre arquitetura, urbanismo e design.

Como Ombudsman e Diretora de Qualidade de Conteúdo, suas principais atribuições são gerenciar a comunicação com o público no que se refere a questões jornalísticas, fazendo a ponte entre os internautas e a Redação do UOL, estimular a participação do público na avaliação e melhoria de qualidade do serviço prestado e coordenar o programa de controle de erros.

Desde 2011, faz oficinas de qualidade de texto para o jornal Folha de S.Paulo, onde já atuou como redatora e editora-assistente dos cadernos Política, Ilustrada e Turismo.

Assina a coluna Lixo, no site da Folha de S.Paulo, onde aborda resíduos e reciclagem do ponto de vista do design, do urbanismo, da economia e do comportamento.

Mara Gama tem textos publicados nos livros Brazil: A Celebration of Contemporary Brazilian Culture, da Phaidon Press, editora britânica que é referência mundial em publicações sobre artes e design; O Museu de Arte Moderna da Bahia (Banco Safra/2008), Em preto e Branco – Artes brasileiras na Folha 1990-2003 (Publifolha/ 2004), Memórias do Presente: Conhecimento das Artes – 100 Entrevistas do Mais! (Publifolha/ 2003). É autora do livro Carlos Motta (DBA, 2004).

Em outras curadorias e roteiros para exposições atuou também na exposição Não Faço Nada sem Alegria da nova biblioteca Guita e José Mindlin na Universidade de São Paulo, aberta em março de 2013.

Foi a curadora brasileira do projeto Brasil-Holanda My Waste is Your Waste (Meu lixo é seu lixo), que uniu artistas e designers que trabalham com resíduos nos dois países, em montagens em São Paulo (2012, Museu da Casa Brasileira) e na cidade de Breda, Holanda (2013, MOTI – Museum of the Image).

Como jornalista especializada, Mara Gama participou das comissões de avaliação de projetos de prêmios de design brasileiros como o prêmio Museu da Casa Brasileira (2014, 2008, 2007, 2006), A Casa (2011), Tok & Stok (2010) e Movelsul (2010).

Segue como colunista da Folha de São Paulo. Escreve às sextas-feiras. E é consultora de qualidade de texto da Folha.

 

 

Atualizado em Janeiro/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

Foto: Ana Ottoni

www.phaidon.com

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq0502200027.htm

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/maragama/

http://www.acasa.org.br/ensaio.php?id=298&modo=

http://blogdesign.blog.uol.com.br/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *