José Carlos Araújo (Garotinho)

José Carlos Araújo, o Garotinho, nasceu no Rio de Janeiro (RJ), em 7 de maio de 1940. Começou a carreira apresentando dois programas infantis e musicais na rádio Roquette Pinto. Também passou rapidamente pela reportagem da rádio Continental, em 1960.
 
Professor de Geografia formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj/RJ), exerceu o magistério até se aposentar – fez concurso para o Estado e só numa escola em Bangu deu aulas durante 14 anos. Ao mesmo tempo, trabalhava em jornal e em r&aamp;aacute;dio, fazendo reportagens e escrevendo sua coluna.
 
Em 1960 passou a narrar jogos na rádio Globo, onde ficou por 16 anos. Em 1976 foi ser o titular de Esportes da rádio Nacional, onde comandou a equipe que possuía Luiz Mendes e Washinghton Rodrigues como comentaristas e Denis Menezes como principal repórter.
 
Quando Waldir Amaral e Jorge Curi deixaram a rádio Globo e foram montar a equipe de Esportes da rádio Jornal do Brasil AM, em dezembro de 1984, a Globo chamou Garotinho de volta. O narrador trouxe consigo todos os profissionais que o acompanhavam na Nacional, a exceção de Denis Menezes, que permaneceu na antiga emissora.
 
Narra os principais jogos de futebol na rádio Globo, apresenta o Globo Esportivo para o Rio de Janeiro, possui um blog dentro do site da rádio Globo, o Blog do Garotinho, e apresenta o programa Jogo Aberto Rio, na TV Bandeirantes. De 2000 a 2008, apresentou o programa Mesa Redonda Rio, na CNT da capital fluminense.
 
Desde o final de setembro/2012 Garotinho está à frente dos comentáristas da rádio Bradesco, inaugurada no Rio, que passa a mesclar programação local de nacional ao vivo e noticiário sobre todas as modalidades esportivas. 
 
 
O apelido Garotinho surgiu porque ele chamava todo mundo assim. Seu colega Denis Menezes passou a se referir a José Carlos Araújo dessa forma e o apelido pegou. É reconhecido pelos bordões: “Seja paciente na estrada, para não ser paciente no hospital!”, “Voltei!”, “Sou eu!”, “Apontou, atirou, entrou!”, “Golão, golão, golão!”, “Se o jogo tá na tevê, a gente se liga em você!”, “Gente que se liga na gente!”, “Apite comigo, galera!”, “E o tempo vai passandoooo!”, “Parou, parou, parou!” e “Obrigado a você pela carona que me dá…”

Garotinho passou a assinar nova coluna esportiva na edição carioca do gratuito Metro, de novembro de 2012. No espaço semanal comenta os destaques da rodada e analisa os desafios dos times do Rio.

Entrou de férias nas rádios BandNews FM e Bradesco Esportes, mas não voltou, despediu-se no ar de seus ouvintes no dia 30 de dezembro de 2013. Assumiu em fevereiro o comando do Esporte da Rádio Transamérica no Rio.
 
Atualizado em junho/2014 – Portal dos Jornalistas.
 
Fonte:
 

J&Cia – Edição 871, de de 7 a 13 de novembro/2012.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *