Daniela Assayag

Daniela Assayag nasceu e mora em Manaus, capital do Amazonas. Estudou Jornalismo na instituição de ensino UFAM – Universidade Federal do Amazonas até 2000.

Trabalhou na Rede Amazônica a partir 1995. Em dezembro de 1999 assumiu a função de repórter de rede e passou a entrar em rede nacional nos telejornais da Rede Globo.

Migrou como gerente de jornalismo em dezembro de 2014 para a TV A Crítica. Sobre o novo momento da carreira disse: “Hoje tenho 21 anos de carreira, depois de 20 anos viajando muito como repórter agora encaro um novo desafio que é estar em estúdio e ser gerente de jornalismo”.

Em março de 2015 em nova aposta da TV A Crítica para a programação matutinha, estreou o Manhã no Ar, novo telejornal da emissora, ancorado pela “renomada” – anunciou a emissora na chamada – Daniela Assayag (ex-Rede Amazônica). O noticiário traz como meta “ser a melhor opção do horário para telespectador”.

Em julho de 2013 conquistou o Prêmio Confederação Nacional das Indústrias de Jornalismo, CNI. Daniela fez parte da equipe que venceu na categoria Destaque Regional – Norte, da qual participaram também os jornalistas Orlando Jr., Carlos Barbosa, Luis Avelino, Gerson Marinho, Raissa Almeida, Samia Roberta. A reportagem vitoriosa foi transmitida pela TV Amazonas:  Borracha – Apogeu e queda do ouro branco da Amazônia. A mesma reportagem foi finalista do Prêmio MPT de Jornalismo, do Ministério Público do Trabalho em novembro de 2014.

Daniela é devota de Nossa Senhora Auxiliadora e coleciona sinos: são mais de 140 de lugares diferentes do mundo, feitos de materiais diversificados. “Eu queria algo que simbolizasse, que eu trouxesse fisicamente uma lembrança do lugar. Eu comecei a observar que em vários lugares tinham sinos de souvenir. Eles têm a questão da sonoridade, que é legal”. Daniela falou sobre sua rotina ao Primeira Classe, do site Parintins 24 horas.  

Está em 1º lugar entre os eleitos para o Top 10 (Regional Norte) da edição 2015 do Prêmio Os +Admirados Jornalistas Brasileiros. Realizada por Jornalistas&Cia em parceria com a Maxpress. A votação é feita dois turnos, abrange um colégio eleitoral integrado por 48 mil profissionais, sendo cerca de 3 mil da área de comunicação corporativa e 45 mil jornalistas de redações.  Nesta segunda edição da premiação foram recebidas cerca de 8 mil indicações, abrangendo quase 3 mil nomes de jornalistas. Passaram para a final 347 jornalistas da etapa Nacional.

Casada há 12 anos (2015) com o engenheiro Beto Gioia, Daniela Assayag é mãe de Giovana de 11 anos e Maria Teresa, de 4.

 

Atualizado em Janeiro/2016 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://www.parintins24hs.com.br/primeira-classe-com-a-jornalista-daniela-assayag/

https://www.youtube.com/watch?v=eUNLyxIxrKQ

http://danielaassayag.blogspot.com.br/

https://www.facebook.com/danielaassayag/about

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/em-premio-cni-em-divulga-vencedores-br

https://twitter.com/danielaassayag

http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticia/mpt-divulga-finalistas-seu-premio-jornalismo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *