Bob Faria

Robert Faria nasceu em Belo Horizonte (MG). Formou-se em Jornalismo pelo Centro Universitário Newton Paiva. É filho do jornalista esportivo Osvaldo Faria (1930-2000). Também é publicitário, músico e cineasta.
Iniciou a carreira, em 1993, na Rádio Itatiaia (MG), como repórter e apresentador de programas esportivos. Ainda no mesmo ano, foi repórter do programa Manchete Esportiva, da Rede Manchete (MG) e escreveu o roteiro de seu primeiro curta-metragem: Allegro Ma Non Troppo.
O segundo roteiro viria em 1995: Deus e o Diabo na Terra e no Céu teve a participação de Rogério Cardoso e Deise Belico. No mesmo ano, passou a redigir, produzir e ancorar os programas Rádio Esportes, Turma do Bate Bola, Tiro de Meta, Apito Final e Bola Premiada, todos transmitidos pela rádio Itatiaia.
Ingressou na TV Bandeirantes, em 1996, como comentarista do programa Minas Esporte. Em 1998, ganhou a medalha de bronze do Prêmio Colunistas Centro-Leste, na categoria Varejo de Pequeno e Médio Porte, com o comercial Pizza Attack. Repetiria o feito no ano seguinte, mas na área de mídia impressa, com o anúncio Vodka Banhaus, na categoria Bebidas Alcoólicas.
Ainda em 1998, foi trabalhar no jornal O Tempo (MG), escrevendo a coluna Coragem para dizer a verdade. Compôs, também, a trilha sonora do curta Cinco Países Diferentes.
Escreveu o roteiro de Domingo é dia de ?Crássico?, em 1999. No ano 2000, foi contratado pela Rede Super MG para ser apresentador, produtor e diretor do programa Futebol Super. Passou a ser somente comentarista nos programas Jornal das 10 e Futebol Super em 2001. Nesse ano, foi ocupar a cadeira titular de comentarista nacional do Sistema Globo de Rádio.
Em 2003, propôs o argumento e compôs a trilha sonora original do espetáculo Armatrux, a Banda, em conjunto com o músico John Ulhoa (do Pato Fu) e o artista gráfico Conrado Almada.
Voltou a fazer comentários esportivos na televisão em 2004, pela TV Globo (MG) e pelo canal por assinatura Sportv. Passou a também apresentar, esporadicamente, o Arena SporTV em 2007 e, em 2011, o Globo Esporte Minas. De forma fixa, apresenta o MG Esporte Clube, que mostra compactos de todas as partidas dos times mineiros no Brasileirão.
É autor do livro Grito de Gol (Leitura, 2011), sobre locutores de futebol da tevê brasileira, “profissionais que, com seu talento único, ajudam a eternizar momentos que em campo duram apenas uma fração de segundo, mas que em suas descrições ganham a eternidade e nossos corações”.

Fonte:
Blog do Bob Faria – http://www.bobfaria.blogspot.com
Site Papo de Bola ? Sessão Papo de Mídia
Jornalistas&Cia edição 797

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *