Anelisa Lopes

Anelisa Lopes Gaspar nasceu em 20 de março de 1981. Formou-se em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PucSP), em 2003. Fez os cursos de Videoreportagem, em 2007, e de Técnico de Locutor e Noticiarista de TV, em 2009, no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/SP). Estuda Design de Interiores na Panamericana Escola de Arte e Design, de São Paulo (SP).
 
Começou a trabalhar como estagiária em 2002 na Ford Motor Company.. Foi repórter do canal Motorpress no portal Terra, onde escreveu para a coluna Carro Online. Também foi repórter da coluna Máquina no jornal Agora São Paulo (SP). Depois, foi repórter da seção Automóveis do Diário do Grande ABC, de Santo André (SP). Foi contratada em janeiro de 2008 para montar a estrutura editorial do portal iCarros do Banco Itaú, dedicado à compra e venda de veículos, lançado dois meses mais tarde.
 
Em maio de 2010 passou também a apresentar o programa de TV quinzenal do portal, no qual abordava acontecimentos recentes do mercado automotivo e cuidados de prevenção automotiva entre outros assuntos. Lançou, em março de 2016, o site Dá uma Dica?, onde escreve sobre Design de Interiores. Deixou o iCarros em outubro de 2016, após centenas de reportagens, galerias, vídeos, colunas, um intensivo trabalho nas redes sociais e o nascimento de seu primogênito.
 
Na edição número 30 de J&Cia-Auto, em novembro de 2009, deu entrevista a Heloisa Valente, na qual falou um pouco de sua carreira e de sua vida pessoal (veja box abaixo).
 
 
Última atualização: 11/2011
 
Fontes:
Arquivo cedido pela jornalista;
J&Cia-Auto 3 (30/4/09)
J&Cia-Auto 30 (6/11/09)
J&Cia-Auto 57 (28/5/2010)
 
 
Anelisa Lopes, a escolha certa do Jornalismo Automotivo
 
Por Heloisa Valente
(J&Cia-Auto 30, de 6/11/2009)
 
Anelisa Lopes, editora de Conteúdo do iCarros, sempre atuou na área automotiva. Antes de comandar o portal, passou pelas redações do Diário do Grande ABC e Agora São Paulo. Nesta entrevista, ela conta que foi o jornalismo automotivo que a escolheu e que, em seu dia-a-dia, o que mais a impressiona é a quantidade de lançamentos no mercado nacional durante o ano. Velocidade é com ela mesmo. Prova disso foi sua participação em um rali em Santa Catarina há três anos. Em contrapartida, também gosta de descanso.
 
Um carro inesquecível
O Ford Escort XR3 amarelo de uma vizinha, com músicas do grupo Erasure no toca-fitas. O carro foi presente do marido dela e chegou na garagem com uma enorme fita vermelha. Isso foi na década passada, claro.
 
Um momento automotivo que marcou sua vida
A participação em um rali de velocidade como navegadora. A aventura aconteceu em Pomerode, uma pequena cidade de Santa Catarina, há uns três anos. Apesar de ter sido uma atuação como jornalista, mas ao lado de um piloto profissional, foi uma experiência única para sentir a real adrenalina da velocidade.
 
Onde iniciou suas atividades nessa área?
Sempre atuei na área automotiva, com exceção dos plantões e das coberturas de férias feitas em outras editorias, quando trabalhei no Diário do Grande ABC e no Agora São Paulo. Comecei como estagiária da Ford, na área de Comunicação da montadora, em 2002. Na verdade, eu é que fui escolhida pelo Jornalismo Automotivo, pois, até hoje, é um mistério como meu currículo foi parar lá na época da faculdade para participar do processo seletivo…
 
O que mais a impressiona na Imprensa Automotiva?
Atualmente, a quantidade de lançamentos no mercado nacional durante o ano.
 
Um profissional da imprensa automotiva para homenagear o segmento
Todas as mulheres que escrevem sobre carros e tornam esse mundo um pouco menos masculino. E dois grandes amigos, que se tornaram ótimos profissionais: Lucas Litvay e Rafaela Borges.
 
Livro de cabeceira
O Diário de Bridget Jones.
 
Time de coração
Não gosto de futebol.
 
O que mais gosta de fazer nos momentos de descanso?
Ver filmes de suspense e dormir.
 
Algum hobby especial?
Viajar e aprender idiomas.
 
Tipo de música que mais aprecia
Todas, com exceção de pagode, axé e sertanejo.
 
Na televisão, qual programa predileto?
Todos, assisto até à propaganda eleitoral.
 
Quais os jornais e revistas de que mais gosta?
Não tenho preferência. Interesso-me pelos assuntos abordados, independentemente do veículo.
 
Um sonho por realizar
Todos, na medida do possível e no devido tempo, estão sendo realizados. Em relação a isso, só tenho a agradecer.
 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *