Rankings regionais dos +Premiados do Ano têm boas novidades

Depois de divulgar no final de 2016 o Ranking dos +Premiados Jornalistas do Ano, Portal dos Jornalistas, Jornalistas&Cia e site Mais Premiados publicam nesta quarta-feira (4/1) os recortes do levantamento nas cinco regiões do País. A pesquisa apontou boas novidades, como o bicampeonato de Dida Sampaio (Estadão) no Centro-Oeste, o tricampeonato do Diário do Nordeste em sua região, e a disputa acirrada no Sul do Brasil. Confira a seguir um resumo dos resultados em cada região. A relação completa dos jornalistas premiados está nos links dos nomes das regiões: Sudeste – Região onde está instalada a maioria dos grandes grupos e veículos de comunicação do Brasil, o Sudeste também é tradicionalmente a base da maioria dos +Premiados Jornalistas do Ano e da História. Em 2016 não foi diferente. Empatadas na primeira posição geral, com 137,5 pontos, Eliane Brum (El País) e Natalia Viana (Agência Pública) dividem também a liderança na região. Quarta colocada no Ranking Nacional, Luciana Garbin (Estadão/95 pontos) ganhou uma posição na Região Sudeste, uma vez que o terceiro colocado, Rosental Calmon Alves, atua fora do País. Sul – Os dez pontos que separam o primeiro do terceiro colocado no Ranking dos +Premiados Jornalistas do Ano na Região Sul são uma amostra do quão apertada foi a disputa entre profissionais de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Com 67,5 pontos, Mateus Bruxel, de Zero Hora e Diário Gaúcho, terminou o ano na primeira posição. Logo atrás, com 62,5 pontos, aparece Cid Martins, da Rádio Gaúcha. Empatados no terceiro lugar, com 57,5 pontos, ficaram Carlos Rollsing, de Zero Hora, e Felippe Aníbal, da Gazeta do Povo. Centro-Oeste – Pelo segundo ano consecutivo o título foi para o repórter fotográfico da sucursal do Estadão no Distrito Federal Dida Sampaio. +Premiado Jornalista no Brasil em 2015, ele somou nesta edição 92,5 pontos com cinco prêmios, que lhe renderam ainda a quinta posição geral em 2016. Na segunda posição aparece André Borges, com 40 pontos, que também atua como repórter fotográfico do Estadão no DF. E em terceiro lugar, com 37,5 pontos, vem Flavia Peixoto Cardoso, da TV Brasil. Nordeste – O jornal cearense Diário do Nordeste tem pelo terceiro ano consecutivo o +Premiado Jornalista do Ano na região. O feito desta vez coube ao repórter especial Melquíades Júnior, que conquistou quatro prêmios em 2016 e somou 90 pontos. Com o resultado, além da liderança na Região Nordeste e a sexta posição geral, ele repete os bons desempenhos de Maristela Crispim e Fernando Maia, em 2014, e de Carlos Felipe Araújo Goes, em 2015, quando também foram os +Premiados do Ano no Nordeste. Na segunda posição, com 75 pontos, aparece Hebert Araújo, da TV Cabo Branco e CBN João Pessoa. Fechando o pódio está Alice de Souza, do Diário de Pernambuco, com 50 pontos. Norte – Uma imagem, dois prêmios. Com Piaçabeiros, reféns do isolamento e da escravidão, o repórter fotográfico do jornal e portal Amazonas em Tempo Ricardo Oliveira venceu em 2016 os prêmios Anamatra e MPT de Fotografia. As conquistas, além de projetarem nacionalmente o trabalho dele, renderam-lhe no total 50 pontos e o título de +Premiado Jornalista da Região Norte. Em segundo lugar, com 35 pontos, ficou Jairo Ardull, do Correio Popular, de Ji-Paraná (RO). E empatados na terceira posição, com 25 pontos, estão Eduardo Pacheco (SIC TV) e Janaína Souza (Rede de Notícias da Amazônia).