Ramiro Alves acerta com o Brasil Econômico

Ramiro Alves está deixando Brasília, após seis anos na Capital Federal. Ele despediu-se na última semana do Ministério da Fazenda, em que assessorava o ministro Guido Mantega, e nos próximos dias começa na sucursal Rio do Brasil Econômico. Carioca, regressa desse modo à sua cidade natal. E também à grande imprensa, que deixou, em 2004, saindo da IstoÉ, em São Paulo, para o Governo Federal.

No Brasil Econômico, iria trabalhar com Ricardo Rego Monteiro, que faleceu precocemente há duas semanas, aos 42 anos, vítima de parada cardíaca. Em seu lugar, no Ministério da Fazenda, assume Fabio Graner, que dessa maneira deixa a Agência Estado, onde era repórter de Economia.