11.1 C
Nova Iorque
quinta-feira, dezembro 2, 2021

Buy now

Justiça britânica decide não extraditar Julian Assange para os EUA

A justiça britânica decidiu nesta segunda-feira (4/1) não extraditar Julian Assange, fundador do WikiLeaks, para os Estados Unidos, onde é acusado de espionagem pela publicação de documentos militares sigilosos em 2010. O representante legal do governo americano disse que vai recorrer da decisão. 

A juíza Vanessa Baraitser afirmou na corte penal de Londres que negou a extradição por motivos de saúde, temendo que Assange cometa suicídio: “Diante de condições de isolamento quase total, (…) estou convencida de que os procedimentos (delineados pelas autoridades americanas) não impedirão o sr. Assange de encontrar uma maneira de cometer suicídio”.

Veja em MediaTalks a história de Julian Assange, as acusações feitas contra ele, os ativistas que o defendem, como foi o julgamento, o que disseram as entidades de defesa dos direitos humanos e as implicações políticas para o governo britânico.

Related Articles

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
22,043FãsCurtir
3,041SeguidoresSeguir
18,800InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese