Fernanda Young

FernandaMaria Young de Carvalho Machado nasceu em Niterói (RJ) nodia 1º de maio de 1970. Mais conhecida como Fernanda Young na imprensa brasileira, frequentou tanto a Faculdadede Letras da UFF de Niterói quanto o Jornalismo na FACHA do Rio e,posteriormente, estudou Rádio e TV na FAAP, em São Paulo (SP), mas não concluiunenhum dos cursos.

Com uma sólida formaçãoliterária muito jovem se dedicou aos livros na busca de aperfeiçoamento einfluências; logo passou a escrever e, a partir de 1996, a publicar romances.

Antes de iniciar a carreirana área comunicação na TV, estreou, em 1989, como atriz da minissérie da GloboIaiá Garcia e depois atuou no elenco da novela O Dono do Mundo, na emissora doRio.gt;

Mas foi em1995, após semudar para São Paulo, que iniciou na área como roteirista do programa A Comédiada Vida Privada da TV Globo onde atuou até 1997. Este programa recebeuinclusive alguns prêmios, entre eles: o APCA 1995 e, no ano seguinte, foieleito como o Melhor Programa de Séries e Seriados pela agência TV Press.

No ano seguinte, lançou oprimeiro romance, Vergonha dos Pés, de uma série bibliográfica que hoje somauma dezena de livros, a maioria amplamente divulgados na grande imprensa,sobretudo, devido às suas declarações controversas sobre cultura pop versuserudita e diversos temas.

Em 2001, após o lançamentodo quarto romance, voltou a atuar como roteirista de televisão, e escreveu ostextos de Os Normais, seriado da TV Globo que permaneceu no ar durante doisanos; em 2003 o seriado virou filme nacional.

Em 2002 fez sua estreia comoapresentadora, ao lado da cantora Rita Lee, da jornalista Mônica Waldvogel e da atriz Marisa Orth, na primeira versão doprograma feminino Saia Justa no canal a cabo GNTda Globosat, de São Paulo (SP).Esta versão ficou no ar por mais de um ano na emissora.

Entre 2004 e 2007 atuou comoroteirista de vários programas e seriados na TV Globo: Os Aspones (2004); SuperSincero (2005) exibido no programa Fantástico; Minha Nada Mole Vida (2006-07)com três temporadas também transmitidas no Fantástico; e O Sistema (2007). Noano seguinte escreveu todo o especial de fim de ano da Globo e o seriado NadaFofa; em 2010, roteirizou o Separação?! e, no ano passado, trabalhou no roteiroda temporada do programa Macho Man, todos realizados em parceria com o marido, oroteirista e escritor Alexandre Machado.

De 2005 a 2007 acumulou ostrabalhos na TV com a atividade de colunista de variedades na revista Claudiada Editora Abril de São Paulo (SP).

Ainda em 2005 estreou oprograma de entrevistas Irritando Fernanda Young, dedicado a bate-papodescontraído com personalidades, além de situações do cotidiano interpretadaspela apresentadora, exibido na GNT e que comandou até 2010.

Em cinema, foi roteirista dequatro filmes: o já mencionado Os Normais (2003), Bossa Nova (2000), Muito Geloe Dois Dedos D’Água (2006) e Os Normais 2 (2009).

Como escritora é autora doslivros: Vergonha dos Pés (1996, Ediouro); A Sombra das Nossas Asas (1997,Editora Objetiva); Cartas Para Alguém Bem Perto (1998, Editora Objetiva); As Pessoasdos Livros (2000, Editora Objetiva); O Efeito Urano (2001, Editora Objetiva);Aritmética (2004, Ediouro); Dores do Amor Romântico (2005, Editora Rocco);Melhores Momentos de Os Normais (2005, Ed. Objetiva); Tudo o Que Você Não Soube(2007, Ediouro) e O Pau (2009, Editora Rocco).

Desde 2011 atua comocolaboradora convidada do programa Todo Seu de Ronnie Von na TV Gazeta e,durante o ano anterior comandou, ao lado da atriz Luanna Jimenes, a atração naárea de turismo e gastronomia Duas Histéricas, na GNT paulista.

Em maio deste ano estreounesta emissora o Confissões do Apocalipse, um talk show sobre assuntos ligados à teoria do Calendário Maia, queacredita que o mundo realmente vai acabar em 21/12/2012.

Neste mês lançou o projetolivro-exposição Louca Debaixo do Branco em parceria com o jornalista,roteirista, poeta e curador de fotografia DiógenesMoura. O Livro foi lançado pela Editora Rocco e, ambas as obras, apresentamfotos, vídeos e poemas que investigam as manifestações amorosas com foco napersonificação da noiva e suas representações: o dia do casamento, determinadashistórias de amor, dor, vida e morte. A exposição foi aberta em outubro de2012, no MIS de São Paulo (SP).

 

Atualizado em outubro/2012-Portal dos Jornalistas.

Fontes:

http://www.facebook.com/pages/Fernanda-Young/314312608591079, acessado em outubro/2012,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *