Denis Russo Burgierman

Denis Russo Burgierman é paulista, nasceu em São Paulo/SP. Formou-se em Jornalismo, participou por um ano, em 2008, do Knight Fellowship, escolhido pelo programa para jornalistas da Universidade de Stanford, na Califórnia, Estados Unidos. O programa selecionou um entre vinte jornalistas de todo o mundo para participar de diversas aulas em Stanford. Lá teve acesso a ampla gama de assuntos, incluindo a segurança internacional, a não-violência.

Foi um dos idealizadores da WebCitizen, que estimula o engajamento de cidadãos entre si e os seus governos por meio da internet. Ficou na produção do projeto de novembro 2009 a setembro de 2012.

Sustenta uma atuação corajosa diante das questões sociais mais polêmicas que envolvem a ciência. Coordenou a curadoria do TEDxAmazônia, em 2010 uma conferência sem fins lucrativos que reuniu, em Manaus/Amazonas, pensadores de diversas áreas de conhecimento para exporem ideias que visem melhorar a qualidade de vida das mais de 5 milhões de espécies do planeta.

Membro da Rede Pense Livre, São Paulo, desde agosto de 2012, organização da sociedade civil que defende “uma política de drogas que funcione.” É ainda membro do conselho Minha Sampa, desde maio de 2013, uma rede online que cria infraestrutura para ajudar a aumentar a participação cívica do cidadão.

Burgierman também é autor de quatro livros, entre eles O Fim da Guerra, lançado em 2011, pela editora Leya Brasil, no qual propõe um novo entendimento e uma nova postura em relação às drogas. Para preparar o livro Denis visitou Holanda, Califórnia, Espanha, Portugal e Marrocos em busca de alternativas à fracassada guerra às drogas. Como resultado da pesquisa “classifica modelo espanhol de “revolucionário”, o holandês de “ultrapassado” e avisa: “a descriminalização não resolve nenhum dos problemas graves ligados a drogas”.

Redigiu para Coleção para Saber Mais dois volumes. Um sobre Vegetarianismo e outro sobre Maconha, em 2002, Editora Abril.

Para escrever o Piratas No Fim Do Mundo: O Diário De Uma Viagem À Antártida Para Afundar Baleeiros, Editora Abril, Russo Burgierman ficou quase um ano na Antártica, em 2003, com Instituto Sea Shepherd Brasil – Guardiões do Mar para colher material e escrever o livro que mergulha no universo das baleias, aborda a caça à baleia e conta a aventura no país gelado.

Até 2011 foi o redator da coluna blog Sustentável é Pouco por dois anos e meio, postado no site da revista Veja. Na despedida deixou a mensagem: “Foi uma honra coordenar este espaço aqui. Estou me despedindo desta coluna. Agradeço à Veja, por ter me dado plena liberdade enquanto estive aqui”.

Comandou também a criação do site !sso Não É Normal que discute a adaptação do Brasil às mudanças climáticas, e assinou O Experimento’: um blog na estrada.

Editor-chefe da revista mensal brasileira, Superinteressante. Foi redator-chefe da Vida Simples de dezembro de 2012 a dezembro de 2013. Ambas da editora Abril.

 

 

Atualizado em dezembro/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

http://veja.abril.com.br/blog/denis-russo/cultura-livre/qualquer-um-pode-ser-jornalista/

http://oexperimento.wordpress.com/

http://coletivodar.org/2011/11/entrevista-exclusiva-com-denis-russo-burgierman-as-alternativas-a-guerra-contra-as-drogas-nao-surgem-dos-politicos-surgem-da-sociedade-mobilizada/

https://www.facebook.com/denis.burgierman/about

http://br.linkedin.com/pub/denis-russo-burgierman/11/300/778

tedxamazonia.com.br/ twitter.com/tedxamazonia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *