Aurora Vasconcelos

Aurora Vasconcelos se formou em jornalismo pela Universidade Federal da Bahia, em 1974, e anos depois complementou sua formação com o curso de editoração pela Faculdades Integradas Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, em 1979.

Iniciou sua carreira no Jornal Tribuna da Bahia, como repórter. Mudou-se para o Rio de Janeiro onde foi freelancer do jornal O Globo. Ex-redatora das revistas a Pais e Filhos, da Editora Bloch, e Grande Hotel, da Editora Vecchi, a trabalhou ainda foi assessora de imprensa da Cobra Computadores.

De volta à Bahia, Aurora retomou como repórter do Jornal Tribuna da Bahia. Na sequência atuou como repórter da TV Bandeirantes e, mais tarde, desenvolveu um trabalho junto a TV Educativa, como produtora executiva. Foi chefe do núcleo de reportagem da estatal e passou a chefiar o Departamento de Jornalismo. Na  TVE Revista foi roteirista do jornal de Variedades, antes de deixar a emissora. 

Conciliando seu trabalho na TV com a assessoria do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal até 1984, Aurora passa a trabalhar na assessoria de comunicação da Empresa Municipal de Transportes Urbanos (Transur) por um ano, passando depois a atendê-los como freelancer.

Fase que durou até 1990, quando Aurora voltou para o jornalismo impresso, no Jornal Correio da Bahia, como editora. Ela ficou no veículo por 18 anos, passando pelas editorias de Política Nacional, Internacional e Brasil.

Em paralelo ao jornal, entre os anos de 1994 e 2000, foi assessora do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC).

É editora adjunta do jornal Tribuna da Bahia.


Atualizado em dezembro/2012 – Portal dos Jornalistas

Fonte: Informações enviadas pela jornalista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *