Facebook apoia projetos para combater desinformação

O Facebook anunciou em 4/1 o apoio a dois projetos de news literacy no Brasil para ajudar no consumo de informações na era digital. O primeiro, batizado de Vaza, Falsiane!, é um curso online gratuito para o público em geral, especialmente adolescentes, jovens adultos e educadores, contra notícias falsas, ministrado por Ivan Paganotti (MidiAto ECA-USP), Leonardo Sakamoto (PUC-SP) e Rodrigo Ratier (Faculdade Cásper Líbero).

A segunda iniciativa é o desenvolvimento de um bot no Messenger que orientará as pessoas sobre como trafegar no universo de informações na internet, para que elas próprias possam checar informações. A ideia do bot Fátima – que vem de “FactMa”, abreviação de “FactMachine” – é da plataforma de checagem Aos Fatos, integrante da International Fact-Checking Network.

“Estamos confiantes de que esses dois projetos ajudarão as pessoas no Brasil a tomar decisões mais conscientes sobre o conteúdo que consomem na internet e fora dela”, afirma a líder de parcerias com veículos de mídia do Facebook para América Latina Cláudia Gurfinkel. “Temos dialogado com academia, agências de checagem, ONGs, empresas de tecnologia e empresas de mídia sobre o que podemos fazer juntos para reduzir a desinformação, e participaremos de mais iniciativas nessa área em 2018”.

Ainda sobre o tema, integrantes de Polícia Federal, TSE e Ministério Público unirão esforços para combater a proliferação de notícias falsas durante as eleições deste ano. A proposta é formar um grupo de trabalho para combater o problema. O assunto fez parte da discussão das regras para o pleito de outubro e foi uma demanda do presidente do TSE Luiz Fux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *