Comunique-se anuncia vencedores

Em concorrida festa na noite desta 3ª.feira, 22/9, no HSBC Brasil, o Comunique-se fez a entrega da décima terceira edição de seu prêmio de jornalismo, tendo como temática Jornalismo: superação olímpica. O evento foi abrilhantado por alguns ídolos do esporte olímpico brasileiro, entre eles Gustavo Borges, Giba, Daiane Santos, Hortência, Robson Caetano e Marcelo Negrão. Ricardo Boechat e Carlos Alberto Sardenberg foram os únicos finalistas com dupla conquista. Boechat, que ainda se recupera de um grave problema de depressão e que foi representado pelo colega Eduardo Barão, venceu nas categorias Jornalista de Nacional Mídia Escrita (IstoÉ) e Mídia Falada (Band e Bandnews FM) e Sardenberg, Âncora de Rádio e Jornalista de Economia Mídia Falada (ambos pela CBN), Os demais vencedores foram: Marcelo Tas (Blog), Pedro Doria (Tecnologia), S2Publicom (Agência de Comunicação), Erich Beting (Propaganda e Marketing), Eduardo Pugnali (Profissional de Comunicação Corporativa), Míriam Leitão (Colunista de Notícia), Alexandre Garcia (Colunista de Opinião / Articulista), Sandra Annenberg (Âncora de TV), Carlos Alberto Sardenberg (Âncora de Rádio), Celso Ming (Jornalista de Economia Mídia Escrita), Mauro Beting (Jornalista de Esporte Mídia Escrita), Abel Neto (Jornalista de Esporte Mídia Falada) e Cléber Machado (Jornalista de Esporte Locutor Esportivo), Mariza Tavares (Executivo de Veículo Comunicação), Raquel Cozer (Jornalista de Cultura Mídia Impressa), Edney Silvestre (Jornalista de Cultura Mídia Falada), Daniela Pinheiro (Repórter Mídia Escrita), Roberto Cabrini (Repórter Mídia Falada) e Claudinei Matosão (Repórter de Imagem), Gilberto Dimenstein (Jornalista de Sustentabilidade), Tim Vickery (Correspondente Estrangeiro no Brasil), Guga Chacara (Correspondente Brasileiro no Exterior Mídia Escrita) e Márcio Gomes (Correspondente Brasileiro no Exterior Mídia Falada). Numa das vezes em que subiu ao palco, Carlos Alberto Sardenberg, que está celebrando 15 anos de CBN, revelou que acaba de renovar contrato com a emissora. Outra revelação veio de Raquel Cozer, da Folha de S.Paulo, que em sua fala comunicou que estava deixando o jornalismo para se dedicar a edição de livros.