Audálio Dantas instala Comissão da Verdade e lança livro em Fortaleza

Audálio Dantas, presidente da Comissão da Verdade, Memória e Justiça dos Jornalistas Brasileiros, participou nesta 4ª.feira (27/2), em Fortaleza, da cerimônia de instalação da Comissão da Verdade dos Jornalistas do Ceará, grupo responsável pelo levantamento dos casos de violações dos direitos humanos cometidos contra integrantes da categoria no Estado no período de 1964 a 1988. Durante a solenidade, realizada no auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Audálio lançou seu livro As duas guerras de Vlado Herzog. A instalação da comissão cearense – integrada por Messias Pontes e Eliézer Rodrigues, da Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado (Sindjorce); Nazareno Albuquerque, da TV O Povo; Iracema Sales, repórter do Diário do Nordeste; e a documentarista Marilena Lima – faz parte do programa de comemorações dos 60 anos do Sindjorce. O grupo tem a missão de resgatar, por meio de pesquisas ou depoimentos, a história dos colegas perseguidos e mortos, e de tantos outros que tiveram suas vidas pessoais e profissionais expostas e alteradas no período da ditadura militar. Mais informações com Samira de Castro, presidente em exercício do Sindjorce (85-3247-1094 / 3272-2966 e sindjorce@sindjorce.org.br). Em março, Audálio lançará o livro em Ouro Preto, Vitória e Maceió.