André Tal

André Felipe Tal nasceu em 1978. É jornalista formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), em 1999.
Começou a carreira na televisão aos 21 anos, na RedeTV!, onde foi repórter e editor de Internacional. Foi, depois, para a TV Globo, onde fez reportagens para o programa Pequenas Empresas Grandes Negócios, de 2002 a 2005. Desde 2006, está na Rede Record.
Na emissora, já foi correspondente em Nova York e repórter dos programas Domingo Espetacular, Câmera Record e Esporte Fantástico. Em 2011, foi enviado para Tóquio, como novo correspondente da Record no continente asiático. Cobriu os desastres ocorridos no Japão em março de 2011.
Escreve, também, para o Blog Repórteres Record, alocado no portal R7.
Ganhou duas vezes o Prêmio Esso de Jornalismo, na categoria Telejornalismo: em 2008, com a reportagem Dossiê Roraima: Pedofilia no poder, sobre a rede que envolvia empresários e políticos importantes da região, realizada com Ricardo Andreoni, Jorge Valente e Marcelo Zanini e exibida no Domingo Espetacular; e em 2011, com a série especial 40 Anos ? Transamazônica, a estrada sem fim, ao lado de Gustavo Costa, Cátia Mazin e Rodrigo Bettio, um claro exemplo de falência social. Com esta série, venceu também o Prêmio Imprensa Embratel 2011.
Como repórter, já esteve nos Estados Unidos, Japão, Israel, Jordânia, Egito, Cuba, França, Espanha, Itália, Alemanha, Holanda, Leste Europeu, Chile e nos demais países do Mercosul.
Queria mesmo era ser locutor ou repórter esportivo e cobrir o Sport Club Corinthians, seu time do coração. Se possível, em Tóquio.
Atualizado em novembro de 2011.
Fontes:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *