Prêmio Imprensa Embratel divulga vencedores

Do Rio – Saiu o resultado do Prêmio Embratel. Apenas o vencedor do Grande Prêmio Barbosa Lima Sobrinho, que fará jus a R$ 32 mil, será anunciado na solenidade de premiação, marcada para 14/5, no Rio. Este ano, 1.862 reportagens de 860 jornalistas disputaram um valor total líquido de R$ 194 mil. Os ganhadores são: Por mídia: Jornal, Revista, Internet com tema livre – Letícia Duarte e Jefferson Botega, do Zero Hora, com o trabalho Filhos da rua (vencedora do Esso de Reportagem de 2012); Televisão – Rodrigo Carvalho, Egledio Vianna, Ana Athayde, Felipe Martins e Inês Valladão, do Jornal das Dez da GloboNews, com Juízes ameaçados. Estas categorias recebem R$ 13 mil cada. Rádio – Adriano Faria, Jefferson Dalmoro, Josevaldo Souza, Carlos Xavier e Ester Monteiro, da Rádio Senado, pelo trabalho Os 50 anos da renúncia de Jânio Quadros, com R$ 11 mil. Foto – Wilton Júnior, de O Estado de S. Paulo, com Touché (Esso de Fotografia em 2012); Reportagem Cinematográfica – Marco Motta, com Júlio e Bruno, do Repórter Rio da TV Brasil, com BRS Presidente Vargas. As duas últimas categorias recebem R$ 9 mil cada. Por temas: Investigativo – Jonas Campos, Carlos Rodrigues, Idemar Marcatto, Adiel Lima, Renato Mendes, Cheyla Ferraz, Robson Crivelli e Alexandre Castanho, da TV Centro América de Cuiabá, pelo trabalho Madeira chipada (R$ 13 mil); Cultura – José Hamilton Ribeiro e equipe composta por José Augusto Bezerra, Wilson Berzuini, Maurino Marques, Orlando Daniel, Olympio Giuzio, Jorge dos Santos e Fernando César, do Globo Rural da TV Globo, por Tinoco; Economia – Mariana Segala, Eduardo Salgado, Luciene Antunes, Patrick Cruz, Lucas Vettorazzo, Daniel Barros, Angela Pimenta, Lucas Amorim e Tatiana Gianini, da revista Exame, por Onde o Brasil desponta; Esporte – Leandro Colon, Filipe Coutinho, Júlio Wiziack, Rodrigo Mattos e Sérgio Rangel, da Folha de S.Paulo, por Os negócios suspeitos e a queda de Ricardo Teixeira (Esso de Jornalismo 2012); e TI, Comunicação e Multimídia – Silvia Bessa e Vandeck Santiago, do Diário de Pernambuco, por Nordeste em rede. Serão R$ 11 mil para cada uma dessas quatro categorias. Educação – Antônio Góis, Chico Otavio, Carolina Benevides, Efrem Ribeiro, Letícia Lins, Odilon Rios, Marcelo Carnaval, Paula Giolito, Jarbas Oliveira, João Brito Jr. e Hans von Manteuffel, de O Globo, por Aula de excelência na pobreza (Esso de Educação 2012); e Socioambiental – Henrique Kugler, Jean Remy Guimarães, Alicia Ivanissevich, Sheila Kaplan e Ricardo Menandro, da revista Ciência Hoje, por Paraíso dos agrotóxicos. São R$ 10 mil para cada categoria. Por região: Centro-Oeste – João Valadares, Adriana Caitanto, Karla Korreia, Renata Mariz, Junia Gama, Ricardo Taffner e Lilian Tahan, do Correio Braziliense, com o trabalho Fim do 14º e 15º salários; Nordeste – Ciara Carvalho e Ricardo Labastier, do Jornal do Commercio, de Recife, com Paraíso às avessas; Norte – Elaíze Farias, Leandro Prazeres, Carolina Silva, Cimone Barros, Jonas Santos, Adauto Silva e Carla Yael, de A Crítica, de Manaus, com Cheia do século; Sudeste – Mateus Parreiras, Valquiria Lopes e Luiz Ribeiro, do Estado de Minas, com Morte S/A; e Sul – Mauri König, Diego Ribeiro, Felippe Aníbal e Albari Rosa, da Gazeta do Povo, de Curitiba, com Polícia fora da lei. Cada categoria recebe R$ 6 mil. Vale registrar que Folha, Zero Hora, Estadão e O Globo tem um duplo motivo para celebrar: com as mesmas matérias, os quatro veículos haviam recebido, em 2012, o Esso.