Depois de 30 anos, Mirian Dutra fala sobre relacionamento com FHC

Após três décadas de um inquebrantável silêncio, Mirian Dutra decidiu falar sobre seu “exílio”, seu relacionamento com ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e como foram todos esses anos como funcionária praticamente inativa da Globo na Europa, da qual se desligou oficialmente em dezembro passado, após 35 anos de contrato. A autora da façanha é Fernanda Sampaio e a entrevista está na edição nº 100 da revista Brazil com Z, que circula na Espanha. Foram três horas de conversa, no dia 19 de janeiro, em Madri. Nela, Mirian faz uma série de revelações sobre como foi humilhada o tempo todo pela Globo, conta que o romance com FHC durou cerca de seis anos e afirma, entre outras coisas, que foi induzida a mentir no final da gravidez, dizendo que o filho que esperava era de um biólogo. Suas palavras: “Quando eu estava grávida de sete meses do Tomas, a coisa estava para explodir. O filho dele o obrigou a fazer uma coisa. FHC me obrigou a dar uma entrevista para a Veja dizendo que o pai do meu filho era um biólogo, pode olhar na hemeroteca, em julho de 1991, naquela seção Gente. Quem é a Mirian Dutra pra aparecer na Gente dizendo que vai ter o segundo filho de um biólogo?! Foi Fernando Henrique com Mário Sérgio Conde [NdaR; Conti]. Isso foi um acerto feito com o diretor da Veja. Eu estava de férias absolutamente sob pressão com um barrigão. A pressão? Que ia destruir a minha vida e acabar comigo”. Confira a íntegra.