Juca Varella assume a Gerência de Imagem da Agência Brasil

O fotógrafo Juca Varella assumiu, na semana passada, a Gerência de Imagem da Agência Brasil. Além de comandar o trabalho dos fotógrafos, baseados em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, vai desenvolver uma nova área, de vídeos para a web. “Vamos ampliar o alcance da Agência Brasil na área de imagem, oferecendo, além de fotografias, também vídeos noticiosos”, afirmou. Com a utilização de vídeos produzidos pela TV Brasil e suas parceiras, a Agência Brasil terá um material valioso, aproveitando a tendência de preferência a eles nas redes sociais. Além dos vídeos com as notícias do dia, haverá produção exclusiva para a web. Formado em jornalismo pela Universidade Metodista, Juca (Luís Carlos Sanchez Varella Júnior) completou em 2015 30 anos de profissão. Passou por redações de Grupo DCI, Editora Globo, Folha de S. Paulo e Estadão, onde foi editor de Fotografia. Teve sua carreira pontuada por grandes coberturas: Copas do Mundo de 1998/França e 2002/Coreia-Japão; Olimpíadas de Sidney/2000; visitas dos Papas Bento XVI (2007) e Francisco (2013); conflitos agrários e indígenas; Caso PC Farias e seu envolvimento com a máfia italiana (Grande Prêmio Folha de Jornalismo). Em 2003 foi o único fotógrafo brasileiro a cobrir a Guerra do Iraque junto com Sérgio Dávila, atual editor-executivo da Folha de S.Paulo, que rendeu a ambos o Esso de Reportagem e a publicação do livro Diário de Bagdá. Retornou ao Iraque em 2005, 2010 e em março de 2013, acompanhando o desenrolar da ocupação americana e os dez anos da guerra. Foi fundador e sócio do Portal Fotos Públicas. Ganhou por três vezes o Comunique-se como Repórter de Imagem e foi finalista em 11 edições do prêmio, entre outros. Em 2009 cobriu a fome na Etiópia e suas fotos estão no livro O mundo não é plano, de Jamil Chade. Morou em Angola, em 2012, e no Panamá, em 2014, para trabalhar em suas respectivas campanhas presidenciais. Atuou ainda em grandes coberturas internacionais em mais de 30 países. Ultimamente trabalhava de forma independente, e como colaborador da Folha de S. Paulo e no Portal Fotos Públicas. A criação da Gerência de Imagem faz parte da nova estratégia adotada pela EBC, de fortalecer a atuação da Agência Brasil e das operações na web com a criação, em maio, da Superintendência Executiva de Agências e Conteúdo Digital, comandada por Denize Bacoccina. Além do acesso direto dos leitores em seu site e da republicação por jornais impressos de todo o País, a Agência vem fazendo parcerias com grandes portais e com empresas de mídia out of home, como a Elemídia. Assim, as notícias podem ser lidas também em outras plataformas. Com o desenvolvimento da área de vídeos, a Agência quer completar seu portfólio, que já inclui textos, fotos e, com a Radioagência, matérias de rádio que também são retransmitidas por emissoras de rádio de todo o País. O próximo desafio é ampliar o alcance das matérias traduzidas para o inglês e português, com parcerias com agências internacionais para distribuição das matérias sobre o Brasil para outros países.