O Torstar Corporation, maior grupo canadense de jornais, conhecido por propostas ousadas de financiamento − como uma editora de romances e um serviço de entregas de encomendas −, anunciou em 1º/3 que vai lançar um aplicativo de apostas online para financiar seu jornalismo. A ideia aguarda aprovação do Governo, mas o anúncio já foi suficiente para gerar polêmica, com críticas ao estímulo ao vício de jogo.

Só em Ontário, onde fica a sede da empresa, os residentes gastam por ano 500 milhões de dólares canadenses (R$ 2,2 bilhões) na sua fezinha virtual. A Torstar edita o Hamilton Spectator e o Niagara Fall Review, além de mais 70 outros jornais regionais e comunitários.

A proposta surge em meio ao grande crescimento que o setor de apostas online teve nos últimos anos, ao mesmo tempo em que as receitas dos veículos jornalísticos seguem em decadência.

Especialistas analisam com cautela a ousada proposta da empresa. Alguns lembram que o jornalismo é vital para a democracia de um país, e seria inaceitável que um dos maiores grupos de mídia do Canadá dependesse de um serviço externo para manter-se em atividade.

Leia mais detalhes sobre a proposta da Torstar em MediaTalks by J&Cia.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments