Cortes chegam a O Globo e ao Extra. Mais de 30 demitidos

A premiada Elenilce Bottari e a editora executiva Letícia Sorg estão entre os que saem

Por Cristina Vaz de Carvalho, editora de J&Cia no Rio

Início de semana triste para os impressos: o jornal O Globo demite sem dó. Esperava-se um comunicado formal até o final dessa terça-feira (19/11), que afinal não foi divulgado. As listas dos que saem circularam nos grupos, nas redes, impossível ignorar. Mas quantos foram ainda não está claro.

Além da editora executiva Letícia Sorg, o nome mais sonoro é o da premiada Elenilce Bottari, da editoria Rio, com bagagem no investigativo. Também da Rio saem Antônio WerneckLetícia Gasparini e Matheus Maciel.

De cultura e variedades foram Bernardo Araújo, subeditor do Segundo Caderno, a bem conhecida Nani Rubin, além de Fabiano Ristow, do mesmo caderno, e Marcela Sobral, do suplemento Rio Show. Do Esporte, vão Sanny BertoldoCarla FelíciaCristina MassariGabriel de Oliveira.

O Globo Bairros diminui bastante. Suplementos que circulavam duas vezes por semana, como Niterói e Barra, passam a semanais. Saem Ana MarinDaniela KalicheskiElisa Torres, Maurício Peixoto, Patrícia de Paula e Stefano Salles.

A fotografia perde Fábio Guimarães e Marcos Ramos,e o clássico Marcelo Carnaval. Da arte, saem Ruben Paiva Carol Oyama. Da diagramação, Thatiana MarceliLu Costa e Robson. No digital, as baixas são Cláudio Nogueira, da capa, e Renné Rocha, do vídeo. Outras editorias cedem profissionais para suprir alguns cortes. E sai a secretária Thais Costa, além de Nivaldo Esperança, do Acervo.

Da sucursal de Brasília, vai Jailton de Carvalho,de País. Da sucursal de São Paulo, Ana Paula, da Economia.

O Extra perde Flávia Junqueira e Ana Paula Araripe, e Roberto Dutra, do Carros. O premiado Fábio Gusmão vai trabalhar em projetos especiais do Extra.

Apesar dos boatos de extinção do Expresso, é certo que o mais popular da Infoglobo não vai acabar. Ele concorre diretamente com o Meia Hora, o mais bem-sucedido título do grupo O Dia no Estado do Rio. O mesmo não ocorre com a revista Época que, com rumores de manter-se apenas até o final deste ano, não faz face a um competidor. Porém, a notícia de sua extinção não foi desmentida.

Segundo o Poder360, a revista de ciência Galileu será totalmente digital a partir de janeiro. O corte teria atingido a editora-chefe Giuliana de Toledo e toda a equipe de arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *