Conselho de Comunicação fará radiografia do sistema público de radiodifusão no Brasil

Por sugestão da conselheira Maria José Braga, presidente da Fenaj, o Conselho de Comunicação do Congresso Nacional decidiu, em reunião realizada nessa segunda-feira (3/12), traçar uma radiografia do sistema público de radiodifusão no País. De acordo com a Agência Senado, a ideia é fazer a primeira reunião para tratar o assunto em 11/2, na sede da EBC, quando o conselho retomará seus trabalhos.

Maria José e o conselheiro Davi Emerich propuseram ao órgão que definisse na reunião uma posição formal sobre a possível extinção da EBC, defendida pelo governo Bolsonaro. Murillo de Aragão, presidente do Conselho, ressaltou que o fechamento da emissora não ocorreria em um processo “açodado”, já que o sistema é regido por lei. E explicou ainda que um dos principais focos da análise do Conselho estará no financiamento do sistema público de radiodifusão, suas estruturas administrativas e de produção de conteúdos, impactos na audiência e sua relevância para o País. “(…) O sistema EBC atinge 70 milhões de brasileiros. Muita gente não sabe disso, prevalece uma visão de que ele seria irrelevante, o que não é verdade (…)”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *