Acervo do Coojornal ganha versão digital

Primeira capa do Coojornal, de novembro de 1971

Foram digitalizadas todas as edições do Coojornal, lançado pela Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre em 1971 – durante a ditadura militar. Foram 82 edições mensais, que traziam reportagens, entrevistas e peças de humor sobre o ambiente político e costumes da época. A iniciativa de digitalização foi do professor Antônio Carlos Hohlfeldt, que também coordenou o projeto, com financiamento da Fapergs (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul). O projeto é uma parceria com alunos bolsistas de pós-graduação da Escola de Comunicação, Artes e Design da PUC/RS, com a editora Libretos.

Hohlfeldt disse ao Coletiva.net que a ação é fundamental para resguardar a história do jornalismo: “O papel deteriora, então, o objeto principal é não perder esse material e torná-lo universal para que sirva como objeto, também, para pesquisas”. Durante três anos, os alunos reuniram o material e passaram para a versão digital, que está disponível no site do Núcleo de Pesquisa em Ciência da Comunicação. Outro informativo digitalizado pelo grupo foi o Pato-Macho, publicado no mesmo ano que o CooJornal.

Logo Prêmio Jatobá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *