Washington Post cria ferramenta de dados baseada em projeto da Lupa

Lupa no The Post

A agência Lupa, de fact-checking, lançou em julho a ferramenta de visualização de dados No epicentro. Criada para chamar a atenção das pessoas para os mortos da Covid-19, a metodologia simula como seria se todos esses mortos estivessem perto de cada um de nós, se fossem nossos vizinhos. A ferramenta fez muito sucesso entre a comunidade de jornalistas, engenheiros de dados e designers no Brasil e no mundo.

Ao ponto de The Washington Post, em 24/9, lançar sua própria versão, em inglês, At the epicenter. Lançamento sem alarde, para testar a ferramenta, mas já foi ao ar. Os jovens desenvolvedores da Lupa trabalharam para o Post: Rodrigo Menegat, jornalista de dados; Tiago Maranhão, desenvolvedor; e Vinicius Sueiro, designer. Tudo sob a supervisão de um dos grandes especialistas em projetos de visualização de dados, o professor da Universidade de Miami Alberto Cairo.

O projeto teve apoio do Google News Initiative, que também participou da parceria com o Post. Não é todo dia que uma startup de sócios brasileiros abre espaço em gigantes como o The Post e Gilberto Scofield Jr., diretor da agência, vibra com a notícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *