Tales Faria deixa o Poder 360

Tales Faria

Depois de pouco mais de dois anos, Tales Faria informou aos amigos, em um grupo, sua saída da equipe do Poder360/Drive, onde era editor. E pediu: “Não esqueçam de mim quando souberem de uma nova e boa jornada. Com algum dinheiro ‘só pra dar garantia’, como diria o Cazuza”. E disse que deixou o trabalho “amigavelmente”, além de publicar “dois pensamentos”: um trecho de canção de Milton Nascimento e outro de Fernando Pessoa, que reproduzimos:

O trem que chega / É o mesmo trem da partida / A hora do encontro é também despedida / A plataforma dessa estação / É a vida desse meu lugar.

Eu amo tudo o que foi / Tudo o que já não é / A dor que já me não dói / A antiga e errônea fé / O ontem que a dor deixou / O que deixou alegria / Só porque foi, e voou / E hoje é já outro dia.

Sobre a saída dele, disse o diretor Fernando Rodrigues: “Somos grandes amigos e o Tales é um profissional de nível extraordinário. A saída dele foi absolutamente tranquila e tenho certeza de que ele em breve estará brilhando, como grande jornalista que é”.

Formado pela UFRJ, Tales integrou a equipe do site Os Divergentes, foi vice-presidente e publisher do iG, colunista, repórter, diretor e editor de alguns dos grandes veículos de comunicação do País, como IstoÉ, O Globo, Folha de S.Paulo e JB. Ganhou diversos prêmios, entre eles o Jabuti, na categoria Livro Reportagem, com Todos os sócios do presidente, sobre o impeachment de Fernando Collor de Mello.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *