Linhas produz dois festivais de cinema na Rússia

Começa nesta terça-feira (4/10) e segue até 9/10 a nona edição do Festival de Cinema Brasileiro em Moscou, pela primeira vez na rede Karo-Okteabr, a maior da Rússia. São dez longas, uma animação e dois documentários, uma amostra do melhor que o Brasil produziu recentemente. Produzido e organizado pela Linhas Produções Culturais, unidade da agência de RP Linhas Comunicação, de São Paulo, o festival conta com o apoio da Embaixada do Brasil em Moscou. Este ano será realizado também o 5º Festival de Cinema Brasileiro em São Petersburgo, com dez longas e dois documentários, de 11 a 16 de outubro. Nas duas cidades abre a temporada o filme Nise – O coração da loucura, baseado na história real da psiquiatra brasileira Nise da Silveira, interpretada por Glória Pires. “Com esta nova edição do Festival já são mais de 100 filmes que levamos à Rússia em todos esses anos”, afirma Fernanda Bulhões, diretora da Linhas Produções Culturais e curadora do festival. “Trata-se de uma mostra muito representativa de nossa cultura, a partir de uma diversidade de gêneros e filmes premiados em todo o mundo. O melhor de tudo é não apenas mostrar a qualidade do cinema brasileiro, mas saber que ele é apreciado, e muito, também aqui na Rússia”. Para Igor Germano, diplomata responsável pela área cultural da Embaixada do Brasil em Moscou, o cinema brasileiro é uma das melhores maneiras para que os russos conheçam mais a cultura do País: “Ano a ano percebemos que o interesse pelo Brasil tem crescido, em todos os sentidos. O cinema também leva a outros interesses, a outras artes, como a própria música brasileira e o desejo de conhecer o país, nosso povo, nossa cultura”.