Ferdinando Casagrande e Eduardo Gayer vencem o Prêmio Livro-Reportagem Amazon

Carlos Andreazza, Ferdinando Casagrande, Eduardo Ribeiro e Talita Taliberti

Amazon, Jornalistas&Cia e Editora Record anunciam que Jornal da Tarde: Uma ousadia que reinventou a imprensa brasileira, por Ferdinando Casagrande, e Outra guerra das Malvinas: Os corpos identificados 36 anos após o conflito (Destaque Universitário), de Eduardo Gayer, são os vencedores do Prêmio Livro-Reportagem Amazon. Lançado em 2018, o Prêmio visa a incentivar a produção e publicação de títulos do gênero por jornalistas e estudantes, mostrando a autopublicação através do Kindle Direct Publishing (KDP) como excelente alternativa para o lançamento de seus trabalhos investigativos. Esta é mais uma das iniciativas da Amazon para apoiar e estimular autores brasileiros, junto com o Prêmio Kindle de Literatura, que está em sua terceira edição.

Casagrande receberá um prêmio de R$ 10 mil e terá a oportunidade de assinar um contrato de publicação da versão impressa de sua obra pela Editora Record. O vencedor foi anunciado nessa terça-feira (12/2), em cerimônia na sede da Amazon Brasil, em São Paulo, com a presença dos membros do júri: Eduardo Ribeiro, diretor deste J&Cia, e Carlos Andreazza, editor executivo de não-ficção e literatura brasileira da Editora Record. Compareceram também os outros finalistas: Fábio Mendes, autor de Campeões da raça: Os heróis negros da Copa de 1958; Raphael Gomide, autor de O infiltrado: Um repórter dentro da polícia que mais mata e mais morre no Brasil; e Tatiana Lanzelotti, autora de O Mário do rádio. Em Jornal da Tarde, Ferdinando Casagrande resgata a história da publicação que encantou pelo menos duas gerações de leitores antes de ser encerrada, em 2012.

Eduardo Gayer, autor de Outra guerra das Malvinas, que se formou em Jornalismo em dezembro de 2018 na PUC-SP, recebeu o prêmio de R$ 5 mil. Seu livro conta a luta de famílias argentinas para a identificação de 123 soldados mortos na Guerra das Malvinas e até então enterrados no cemitério de Darwin sob a inscrição “soldado argentino só conhecido por Deus”.

“Estamos felizes de ver que o Prêmio Livro-Reportagem Amazon foi bem-sucedido em estimular jornalistas a publicarem seus trabalhos e contarem suas histórias para nossos leitores”, diz Talita Taliberti, gerente de Kindle Direct Publishing na Amazon.com.br. “Nós recebemos mais de 160 obras, incluindo 84 de estudantes ou jornalistas recém-graduados, com alta qualidade de conteúdo e grande variedade de tópicos. Esperamos que esse resultado inspire outros jornalistas e escritores a autopublicarem seus livros e alcançarem leitores ao redor do mundo”.

“O Prêmio por si só já seria um acontecimento de primeira grandeza”, lembra Carlos Andreazza. “No entanto, em um momento em que o jornalismo está sob ataque, ele ganha ainda um valor simbólico imensurável. Considerando ainda a altíssima qualidade dos finalistas, a Record não poderia estar mais honrada em ser parceira deste grande acontecimento editorial”.

“Vivemos um tempo de transformações por meio das mídias sociais, com reflexos diretos sobre o jornalismo, mas jornalistas têm dirigido esforços crescentes para a literatura”, declara Eduardo Ribeiro. “O Prêmio Livro-Reportagem Amazon, que tivemos a honra de organizar, é prova viva de que o jornalismo continua relevante, seja em canais tradicionais, seja na literatura. Foi um prazer compor o júri que escolheu os melhores trabalhos e ver a qualidade das obras inscritas”.

O KDP é uma forma simples e gratuita de escritores e editoras publicarem seus livros e disponibilizarem para venda a leitores ao redor do mundo. Os vencedores, finalistas e outros participantes podem ser encontrados no site amazon.com.br/premiolivroreportagem e estão disponíveis gratuitamente para assinantes do Kindle Unlimited. Os e-books Kindle podem ser adquiridos e lidos com o aplicativo gratuito Kindle para computadores, tablets e smartphones Android ou iOS, além de e-readers Kindle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *