Celebs em pauta no Extra

Jornalismo investigativo na cobertura de celebridades – o jornal Extra aposta nessa linha, com o objetivo de fazer um popular de qualidade. E cita como exemplo o caso da atriz Viviane Araújo, acusada nas redes sociais por algo que não fez, no final de setembro. Na equipe de Hérica Marmo, o repórter Michael Sá, com apoio do colunista Léo Ferreira, investigou o vídeo que incriminava a atriz, identificou o local, descobriu os verdadeiros personagens da história, negociou a confissão dos autores e inocentou os acusados. O jornal sabe que há muito mais interesse do público do que, propriamente, interesse público na cobertura de celebridades. Mas isso não pode servir de desculpa para não se aplicarem as melhores técnicas do jornalismo – mesmo sabendo que pode soar estranho usar o termo que mais dignifica o ofício para uma área conhecida como “editoria de fofocas”. E prepara, para novembro, um seminário sobre cobertura de celebs, que vai reunir outras mídias do grupo Globo voltadas para esse filão. A sinergia entre os veículos, nessa área, já aparece com a participação da revista Quem na programação da Rádio Globo: o chefe de redação no Rio, Jackson Bezerra, esteve em um programa vespertino, e Lúcia Barros falou sobre o universo do entretenimento no Manhã da Globo.