Com três anos de existência, Metrópoles coleciona prêmios nacionais

Pelo segundo ano consecutivo, o Metrópoles venceu o Prêmio Policiais Federais de Jornalismo. Lula encarcerado: a trajetória do petista até a execução da pena, de Pedro Alves, ficou em 1º lugar na categoria Webjornalismo, em 22/11, no Salão Porto Vitória, em Brasília. O especial envolveu 16 profissionais. Lilian Tahan, Priscilla Borges, Maria Eugênia, Ana Helena Paixão, Daniel Ferreira e Claudio Fernandes atuaram na edição; Allan Rabelo, Jonatas Delforge, Jhonantans Rocha e Saulo Marques, nos audiovisuais criados por Gui Prímola e Moisés Dias, captados por Rafaela Felicciano. A revisão foi de Viviane Novais e Adriano Brasil.

O portal também é tricampeão na 25ª edição do Prêmio CNT com Caminhoneiras, Codinome Coragem, na categoria Internet. As repórteres Juliana Contaifer e Leilane Menezes e os fotógrafos Igo Estrela e Rafaela Felicciano percorreram dois mil quilômetros para revelar perigos, desafios e alegrias dessas guerreiras em suas viagens. O trabalho foi programado por Allan Rabelo, Jonatas Delforge, Vinícius Paixão e Saulo Marques; Gui Prímola e Cícero Lopes desenharam o leiaute; os vídeos foram capturados por Gabriel Pereira e Pedro Valente; e o texto revisado por Denise Costa.

E ficou em 2º lugar na categoria Mídia Digital na oitava edição do Prêmio Longevidade de Jornalismo Bradesco Seguros, com População negra enfrenta desafios para garantir longevidade. Gabriel Foster e Leilane Menezes representaram o Metrópoles na cerimônia de premiação, no Hotel Unique, em 21/11, em São Paulo. A equipe contou ainda com o trabalho do fotógrafo Igo Estrela. O 1º lugar ficou com Flávia Peixoto Cardosos de Barros, da TV Brasil, com Idosos Conectad@s.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *