23 C
Nova Iorque
domingo, julho 21, 2024

Buy now

Sindicato de SP fecha acordo para jornais e revistas da capital

Com os votos de 464 profissionais de grandes empresas da cidade de São Paulo, foi aprovada em plebiscito a proposta patronal da Campanha Salarial 2017-2018 do Sindicato dos Jornalistas de SP para as empresas de jornais e revistas da capital. Com isso, o piso de cinco horas será reajustado em 3,82% (0,5% de aumento real) e passa a valer R$ 3.100, retroativamente a 1º de junho. O conjunto dos demais salários terá reajuste de 3,5% na mesma data.

Como o acordo foi comunicado às empresas em 20/7, o Sindicato espera que haja tempo para a correção dos salários ainda na folha de julho. O prazo para pagar a diferença retroativa a junho (e eventuais férias) é a data de pagamento do salário de agosto (valor pago até o início de setembro).

A Convenção Coletiva será mantida, havendo reajuste no auxílio-creche (R$ 460 mensais para filhos que ainda não entraram no 1º grau), vale-refeição (o valor mínimo do benefício diário passa a ser de R$ 12,50 para as empresas com até 20 jornalistas, e de R$ 18,50 nas demais) e multa de R$ 761 para as empresas que não têm programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), a ser paga com os salários de dezembro.

Na cláusula de adoção, os jornalistas homens passam a ter direito a licença-maternidade, mas apenas um dos cônjuges poderá receber o benefício, segundo decisão do casal.

Confira mais informações.

Related Articles

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
22,043FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,900InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese