Prêmio Vladimir Herzog será entregue nesta 2ª.feira

O Instituto Vladimir Herzog realiza na próxima 2ª.feira (24/10) a cerimônia de premiação aos vencedores do 33º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, destinado a profissionais de Jornalismo, e do 2º Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, para estudantes de jornalismo que tiveram seus projetos de pautas aprovados pela comissão julgadora. A lista com os premiados foi divulgada no último dia 17/10. Confira a lista dos premiados: 33º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos Jornal: Leonencio Nossa (com Celso Silva Sarmento Júnior), de O Estado de S.Paulo, com a reportagem Guerras desconhecidas do Brasil; Revista, Gisele Granchini (com Tiago Luis Penteado), de Interativa, com Inclusão: O que é ser normal?; TV/Reportagem, Marcelo Gomes (com Roberto Salim Gabriel e Maria Cristina Caparelli Pustiglione), da ESPN Brasil (São Paulo), com Guerrilha do Araguaia ? partes 1 e 2; TV/Documentário, Lúcio de Castro, também da ESPN Brasil, com Haiti, o país dos Rest Avec; Rádio, Marjuliê Martini, da Guaíba FM 101.3 (Porto Alegre), com Racismo expulsa baiano do Rio Grande do Sul; Fotografia, Weber Sian, de A Cidade (Ribeirão Preto/SP), com Expulsão; Internet, Marcelo Bauer, de Rio de Janeiro-Autorretrato, com trabalho homônimo; Artes, FCLopes, do Correio Braziliense, com Sigilo ou vergonha?; e Especial: Saneamento Básico, Joelmir Tavares, de O Tempo (Belo Horizonte), com Saneamento básico: um direito de todos. 2º Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão Direito à vida e direito à justiça: Rodolfo Blancato de Barros e Eduardo Paschoal de Sousa, da ECA-USP, que desenvolverão a pauta Como os moradores de favelas paulistanas que tiveram suas moradias incendiadas no ano de 2010 estão sendo atendidos pelo poder público, sob orientação de Claudio Júlio Tognolli; Lucas de Tommaso Gomes Carvalho, da ECO-UFRJ, com Um paciente muito especial: retrato da saúde adolescente no Brasil, sob orientação de Cristiane Henriques Costa; e Elizângela Maliszewski, da Ulbra (RS), com Uma causa, um gesto, um direito para todos, sob orientação de Deivison Moacir Cézar de Campos. Categoria Especial Violência contra a mulher: O projeto de pauta aprovado foi Face obscura: retratos de uma realidade da violência contra  mulher, de Beatriz Sobral Backes Costa, Bruna Kfouri Portella e Vanessa de Cássia Serafim, da Universidade Mackenzie (SP), que o desenvolverão com orientação de Denise Paiero. A cerimônia de entrega acontece a partir das 19h, no Teatro da Universidade Católica de São Paulo ? Tuca (rua Monte Alegre, 1.024). Informações no site: www.premiovladimirherzog.com.br.