Jornalistas têm muitas dificuldades no acesso a informações, diz estudo

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) divulgou nesta segunda-feira (16/12) um relatório sobre o uso da Lei de Acesso a Informações (LAI) por jornalistas. Segundo o estudo, o índice de problemas que eles enfrentam para obter respostas pela LAI é o maior desde 2013, quando o levantamento começou a ser feito.

Cerca de 89% dos jornalistas que participaram da pesquisa, nos níveis federal e estadual, disseram ter enfrentado algum tipo de obstáculo para obter informações. A média por estado é de nove entre dez jornalistas enfrentando problemas.

Por todo o País, as principais dificuldades se concentram no Poder Executivo: 94% dos jornalistas já tiveram problemas em obter respostas. Os assuntos mais problemáticos são de administração pública, salários, pagamentos e contratos.

Marina Atoji, gerente executiva da Abraji e especialista na Lei de Acesso a Informações, avalia esse problema como “extremamente preocupante”. Ela afirma também que os dados obtidos “concretizam a percepção de que está em curso um retrocesso na transparência pública”.

Esta é a terceira edição do levantamento, feito a cada dois anos. Foram entrevistados 85 jornalistas, a partir de maio deste ano. Aproximadamente 65% dos participantes afirmaram ter usado a LAI para apurar informações. Confira o estudo na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *