Henfil receberá medalha póstuma

A Assembleia Legislativa do Rio aprovou a concessão póstuma da Medalha Tiradentes ao cartunista Henrique de Souza Filho, o Henfil. A iniciativa é do deputado Flávio Serafini.

Mineiro de Ribeirão das Neves, Henfil foi criado em Belo Horizonte e lá começou a trabalhar aos 20 anos. Seus cartuns e charges, publicados em diversos periódicos, já demonstravam a preocupação com as injustiças, o preconceito e a violência de todo tipo.

Mas foi no Rio de Janeiro, com o trabalho no Jornal do Brasil e no Pasquim, já na ditadura militar, que ele se popularizou. Morreu no Rio, em 1988, e sua criação conserva uma atualidade impressionante.

 

* Por Cristina Vaz de Carvalho, editora de Jornalistas&Cia no Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *