Funcionários da EBC decidem entrar em greve

Em assembleia realizada por videoconferência nesta 3ª.feira (5/11), cerca de 600 dos dois mil funcionários da EBC de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e São Luís aprovaram entrar em greve a partir de 16h de 5ª.feira (7/11).

A reunião foi considerada histórica pelos sindicatos, já que mobilizou mais funcionários do que nos anos anteriores. A principal queixa deles é que desde o início da atual gestão a empresa não concede ganho real nos salários, somente corrige a inflação (a pauta de reivindicações pode ser conferida em http://bit.ly/HEXNW8).

A EBC é responsável por TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil, Portal EBC, Radioagência Nacional, além de oito emissoras de rádio, como Nacional do Rio de Janeiro e de Brasília e MEC AM e FM, opera serviços como o canal de televisão NBr e o programa de rádio Voz do Brasil. A paralisação, caso realmente ocorra, deve pegar o presidente da empresa, Nelson Breve, em Washington, onde participa de um congresso de tevês públicas.

Como numa das reuniões anteriores ele havia prometido “pelo menos o peru de Natal”, no Rio os funcionários decidiram adotar a ave como símbolo: compraram diversos perus de plástico e colocaram neles adesivos da greve. Já está marcada uma nova assembleia nacional para o dia 8, às 13 horas.