Dois jornalistas são assassinados em RO e GO em pouco mais de 24h

Jefferson Pureza e Ueliton Brizon

Ueliton Brizon e Jefferson Pureza foram assassinados esta semana em um intervalo de pouco mais de 24 horas. Ueliton, era proprietário e editor do Jornal de Rondônia, além de presidente municipal do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e suplente de vereador na Câmara de Cacoal. Ele estava acompanhado da esposa em uma motocicleta e foi atingido por quatro tiros disparados por outro motociclista, na manhã de terça-feira (16/1). Foi socorrido com vida, mas morreu ao dar entrada no hospital. Segundo a Polícia Civil, as investigações sobre o assassinato estão no início e nenhuma hipótese é descartada.

Jefferson, apresentava em Edealina (GO) o programa A Voz do Povo, na rádio local Beira Rio FM. Cobria irregularidades e fazia críticas políticas, especialmente, segundo fontes da rádio, em relação à gestão do atual prefeito, Winicius Arantes de Miranda. Ele estava deitado na garagem de sua casa quando dois homens em uma moto o atingiram com três tiros na cabeça, na noite de quarta-feira (17/1). O caso está sendo investigado pela Polícia Civil da cidade vizinha, Edeia, e o delegado responsável, Queops Barreto, só se pronunciará em nota oficial.

Segundo a Abraji, existem indícios de que ambas mortes estão ligadas ao exercício da profissão, o que faz dos crimes atentados à liberdade de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *