Congresso em Foco é alvo de processos no Senado

Pelo menos 43 processos individuais, pedindo indenizações que somam R$ 1 milhão, foram abertos até o início do mês por servidores do Senado contra o site Congresso em Foco. O motivo foi a divulgação, pelo veículo, dos nomes dos servidores com salários superiores aos dos ministros do STF (atualmente de R$ 26,7 mil), o que é inconstitucional. Dois processos já haviam sido ajuizados pelo Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo (Sindilegis) pedindo a retirada dos nomes das matérias e a proibição da divulgação posterior de novas listas de servidores e seus salários. Nos dois casos, os juízes consideraram de interesse público a divulgação das informações, e que, portanto, justifica-se a veiculação dos dados pessoais. Segundo o Congresso em Foco, os novos processos, apesar de individuais, foram abertos sob orientação do Sindilegis. Procurada por J&Cia, a direção do sindicato disse que não iria se pronunciar sobre o caso. Abraji, OAB e o Sindicato dos Jornalistas do DF emitiram declarações repudiando os processos. Versão Impressa ? Ainda sobre o Congresso em Foco, ele terá a partir desta 2ª.feira (7/11) uma versão impressa, com conteúdos exclusivos. Em formato de revista e com periodicidade semestral, a nova publicação oferecerá aos leitores um balanço das ações dos parlamentares na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, além de bastidores dos Três Poderes. Com tiragem de 50 mil exemplares, a revista ficará disponível em algumas bancas estratégicas de Rio, Brasília e São Paulo e será distribuída para os principais tomadores de decisões e formadores de opinião do País. A primeira edição será lançada durante a festa da sexta edição do Prêmio Congresso em Foco, iniciativa que homenageia os melhores parlamentares federais com base nas escolhas feitas pelos jornalistas que cobrem o Congresso e por internautas. A cerimônia está marcada para as 20h, no Porto Vittoria (SCES Trecho 2, conj. 19, ao lado da AABB). Credenciamento na Oficina da Palavra, com Marcella Oliveira (marcella@oficinadapalavra.com e 61-3049-9557 / 9550 / 8118-4645).