Afra Balazina deixa Estadão e começa na SOS Mata Atlântica

Depois de dois anos e meio no Estadão, como repórter de Meio Ambiente e responsável pela coluna Planeta, Afra Balazina acaba de assumir a gerência de Comunicação da Fundação SOS Mata Atlântica (comunicação@sosma.org.br).

Ela terá como principal função definir as estratégias de comunicação da entidade, que já conta a assessoria de imprensa da Lead Comunicação.Dentre as demais atribuições, também será responsável pelos rumos da fundação na internet e nas redes sociais, além de responder pela área de eventos que realiza exposições itinerantes e o evento Viva a Mata, sempre em maio, no Parque do Ibirapuera, e pelo setor de Relações Públicas, que promove encontros com interessados em conhecer o trabalho da ONG e com os filiados.

Afra, que começou a carreira na Folha de S.Paulo, passando pelas editorias de Cotidiano e Ciências durante os seis anos que lá esteve, destaca a importância desse novo desafio: “Depois de dois anos e meio como repórter de meio ambiente e responsável pela coluna Planeta, achei que estava na hora de um novo desafio profissional. Mas não queria deixar a área ambiental. Foi quando surgiu a oportunidade de trabalhar na Fundação SOS Mata Atlântica, ONG que existe há 25 anos e que eu admiro bastante”.

Com sua saída do Estadão, Afra deixa de responder pelo blog Mudanças Climáticas, que também levava seu nome e que até o momento continua no ar sem atualizações, mas segundo ela “nessa fase de adaptação no novo trabalho está difícil ter tempo para escrever, mas já comecei um novo blog”.

Seus novos posts estão disponíveis no www.afrabalazina.com.

Entidade prepara obra para comemorar os 25 anos de sua fundação

Desde o final de 2011 a Fundação SOS Mata Atlântica vem preparando um livro sobre a conservação da costa brasileira, e que irá celebrar os 25 anos da entidade. A produção do material está a cargo de Andrea Vialli (11-9646-9505 e andreavialli@gmail.com), que integrou a equipe de Afra Balazina no Estadão, de onde saiu em setembro do ano passado.