9.9 C
Nova Iorque
segunda-feira, dezembro 6, 2021

Buy now

Zero Hora vence seis categorias no Prêmio ARI de Jornalismo

A Associação Riograndense de Imprensa divulgou em 19/12 os vencedores da 56ª. edição do Prêmio ARI de Jornalismo, que reconheceu com a Contribuição Especial à Comunicação Social – Prêmio Antonio Gonzalez o colunista do Coletiva.net Julio Sortica, pela cobertura da Copa do Mundo publicada na Revista Goool, e o jornal Zero Hora, por seus 50 anos completados em maio de 2014. Os vencedores das 14 categorias receberam, além de valor em dinheiro, o troféu em bronze Negrinho do Pastoreio, confeccionado pelo artista Valdomiro Motta, e diploma. Os primeiros colocados foram: Paulo Roberto Souza Tavares, do Correio do Povo, com Zumbis no volante (Jornalismo Impresso – Reportagem Geral); Caio Cezar Cigana, de Zero Hora, com Proibidos, falsificados e perigosos (Jornalismo Impresso – Reportagem Econômica); Tânia Helena de Lima e Silva Goulart, do Jornal NH, com Os alemães na Revolução Farroupilha – Freiheit, Gleichheit, Menschlichleit – Liberdade, igualdade, humanidade (Jornalismo Impresso – Reportagem Cultural); Leandro Behs, de Zero Hora, com Fernandão – Morte e vida de um ídolo (Jornalismo Impresso – Reportagem Esportiva); Claudia Laitano, de Zero Hora, com O fim e o começo (Jornalismo Impresso – Crônica); Samuel Allgayer Maciel, do Correio do Povo, com Homens e ratos em busca da sobrevivência (Jornalismo Impresso – Fotojornalismo); Elias Ramires Monteiro, de Zero Hora, com Morre Mandela (Jornalismo Impresso – Charge), Carolina Salazar Moreira, de Zero Hora, com 1964 – 50 anos depois do golpe (Jornalismo Impresso – Planejamento Gráfico); Cid Martins, da Rádio Gaúcha, com Os caminhos da maconha no Uruguai (Radiojornalismo– Reportagem Geral); Francisco Ribeiro Neto, da Rádio Bandeirantes, com Fernandão, dor, ausência e celebração (Radiojornalismo – Reportagem Esportiva); José Renato Ribeiro, da Rádio Santa Cruz, com Fábrica de falsos engenheiros afeta mercado imobiliário gaúcho (Radiojornalismo – Reportagem Econômica); Matheus Felipe da Silva, da TV Record, com Sabrina, as pernas de um anjo (Telejornalismo – Reportagem Geral); Mariana Corsetti Oselame, da RBS TV, com Amor de mãe (Telejornalismo – Reportagem Esportiva); Karina Sgarbi, do site Jornal NH, com Violência contra a mulher: uma luta que precisa ter fim (Webjornalismo). A lista completa dos vencedores pode ser conferida aqui. 

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,046SeguidoresSeguir
18,800InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese