Ricardo Anderaos dirigirá Brasil Post, parceria da Abril com Huffington Post

Ricardo Anderaos foi o nome escolhido pela Abril para dirigir seu novo projeto, o jornal digital Brasil Post, fruto de parceria com o norte-americano The Huffington Post, com estréia programada para o dia 3 de dezembro. O projeto contará inicialmente com uma equipe de dez jornalistas e um executivo para a área comercial, seguindo desenho que o Huffington Post tem adotado para o start-up de todas as suas parcerias internacionais, entre elas Alemanha, Canadá, Reino Unido, França, Itália, Espanha, Japão e Região do Magreb (noroeste da África, abrangendo os países de língua francesa), e as outras duas que estão para ser inauguradas, além do Brasil: Austrália e Índia.

Ao lado de Anderaos estarão Thiago Araújo, que já vinha atuando ao lado dele no núcleo de Mídias Sociais da Abril, e Amanda Previdelli, que hoje atua como repórter do portal Exame.com. Com a reestruturação anunciada em junho pela Abril, sua área de mídias sociais migrou para a Diretoria de Tecnologia da Informação e a estratégia continuou sob responsabilidade de Anderaos, que a acumula com o novo trabalho no Brasil Post. O Brasil Post estará essencialmente focado em hard news e será uma operação editorial inteiramente independente do HP, com plena autonomia de voo.

Combinará conteúdos próprios (redação e blogueiros do Brasil Post) com conteúdos de todas as redações e blogueiros do Huffington Post no mundo e contará ainda com conteúdos gerados pelos demais núcleos editoriais da Abril. Vai também usar material de agências de notícias e, além disso, operar como um imenso agregador de conteúdos, acompanhando o melhor da mídia do País e de redes sociais como facebook, twitter e youtube. “Queremos ser a principal  referência informativa da web”, diz Ricardo Anderaos, “ser o lugar onde se encontra tudo (de veículos, blogueiros, redes sociais), mas nos limitaremos, no caso da agregação de conteúdos, a postar a informação, redirecionando o internauta para os veículos de origem, sejam eles Veja, Folha de S.Paulo, Terra etc.. Queremos atrair o internauta, mas não engessá-lo”.

Nesse perfil, o Brasil Post quer ter o melhor portfólio editorial e, adicionalmente, mostrar o melhor das redes sociais (vídeos mais vistos, posts de maior repercussão no facebook e twitter etc.). “As redes são hoje muito mobilizadoras e por isso é fundamental acompanhar e mostrar para a nossa audiência o que está acontecendo de mais importante nelas.

O desafio, como se vê, não é pequeno, e por isso teremos de ter ao nosso lado uma equipe com competências para poder fazer esse múltiplo acompanhamento do mercado – tanto o editorial, quanto o de redes sociais – e, ainda, produzir conteúdos próprios relevantes”. O Brasil Post nasce dentro da Unidade de Negócios Digitais, dirigida por Manoel Lemos, a quem Anderaos estará subordinado operacionalmente, embora também se vincule editorialmente ao Conselho Editorial da empresa.

Estará ao lado, entre outros projetos dessa Unidade, de IBA (a banca digital da Abril), Elemídia (que produz conteúdos para ambientes corporativos fechados, como elevadores e supermercados), e Alfabase, núcleo focado em big data (imensos bancos de dados) e inteligência de mercado. Anderaos passou uma semana nos Estados Unidos, acompanhando a operação local do Huffington Post, que ali conta com 300 funcionários, em sua maioria engenheiros e jornalistas, trabalhando lado a lado.

E comenta sobre o que viu: “É de impressionar tanto a plataforma de tecnologia que eles desenvolveram quanto a maneira inovadora de trabalhar, razões do sucesso mundial dessa operação. Será excepcional poder dividir essa experiência, via Editora Abril, para todo o mercado brasileiro”.