Revista Imprensa comemora 25 anos

Uma das mais tradicionais publicações especializadas do País, a revista Imprensa faz 25 anos neste mês e comemora com uma edição especial e um seminário. A edição de setembro, número 282, traz na capa a matéria Oito de oitenta, na qual são homenageados Adísia Sá, Claudio Carsughi, Carlos Heitor Cony, Cid Moreira, Ethevaldo Siqueira, Léo Batista, Orlando Duarte e Salomão Esper. São todos profissionais que completam 80 anos em 2012 e permanecem em atividade. Além do prato principal, a edição nova rodada da pesquisa que inaugurou a revista, em 1987: Ainda em xeque, feita em parceria com o Ibope. O instituto foi a público saber como andou desde então a confiança na atividade jornalística. À pergunta “Você diria que, de maneira geral, as notícias são publicadas exatamente como acontecem?”, o de maior credibilidade foi o meio jornal, que registrou alta, saltando de 14% em 1987 para 18% em 2012. A maior baixa foi a de tevê, que decresceu de 30% para 23%. Revista e rádio permaneceram estáveis, com ligeira queda de 1% – no caso de revista, de 13% para 12%; e no de rádio caiu de 27% para 26%. Todos, na verdade, com média muito baixa de credibilidade. Outro dado interessante é que a maior parcela de desconfiança mudou da classe C/DE para a AB nesses 25 anos. Outro destaque da comemoração desse um quarto de século da revista é o evento Mídia.Jor: Onde o jornalismo se encontra, que acontece no Sesc Santana, em São Paulo, nesta semana (12 e 13/9) e aceita inscrições no www.midiajor.com.br. Antes, na noite de 11/9, uma festa celebra os 25 anos da publicação, no mesmo local, somente para convidados. A organização espera receber 300 pessoas, entre amigos, ex-funcionários, autoridades e personalidades do meio jornalístico. A cerimônia será uma homenagem a José Hamilton Ribeiro que, segundo Sinval de Itacarambi Leão, diretor da revista Imprensa, “é um colega símbolo, por vários motivos. O principal é o fato de o repórter continuar sendo a grande figura do jornalismo. E o José Hamilton é um dos maiores do Brasil”. Ele será entrevistado no palco do Sesc Santana por Neide Duarte, que também selecionará perguntas enviadas por vários editores dos principais veículos do País. O seminário terá convidados como Ariel Palacios, Edney Souza, Eliane Leme, Felipe Machado, Heródoto Barbeiro, Lourival Sant’Anna, Mílton Jung, Roberto Cabrini, Sônia Bridi, Sérgio Lüdtke e Vinicius Mota. Entre as presenças internacionais estarão David Rohde (Reuters), Fernanda Santos (The New York Times), Lucio Mesquita (BBC), Raul Reis (Florida University) e Shasta Darlington (CNN). A equipe da revista planeja se deslocar integralmente até o Sesc Santana para cobrir o evento para o portal e as redes sociais e ainda produzir podcasts. A equipe contará com a subeditora de Portal Vanessa Gonçalves; os repórteres Guilherme Sardas, Luiz Gustavo Pacete e Kátia Zanvettor; e os estagiários Jéssica Oliveira, Luiz Vassallo e Mariana Renhard – quem comanda o time é a gerente de Jornalismo Thaís Naldoni. Além da equipe editorial, estão envolvidos na organização a produtora de Eventos e Projetos Especiais Gisele Sotto; suas assistentes Bruna Souza e Ana Claudia Silveira; a diretora de Marketing Daniela Maio; o gerente de Marketing e Relacionamento Ricardo Fernandes; e a assistente de Marketing Maíra Rossetti. Imprensa nasceu em 1987 a partir de um projeto dos jornalistas Dante Matiussi, Manoel Canabarro e Paulo Markun, além de Sinval Leão. O primeiro número já chegou com colaboradores como Alex Solnik, Gepp & Maia, Oscar Pilagallo, Milton Blay e Moacir Japiassu. Pelo seu expediente passaram colaboradores, correspondentes ou colunistas como Alberto Dines, Ana Maria Bahiana, Ari Schneider, Carlos Brickmann, Carlos Nascimento, Clóvis Rossi, Gabriel Priolli, José Marques de Melo, Lúcia Guimarães, Paulo Caruso, Roberto Negreiros, Sérgio Dávila, Tão Gomes Pinto e Eduardo Ribeiro, diretor deste Portal dos Jornalistas. “Foram 25 anos extremamente bem vividos, concorridos, muito alegres e acho que vai ser mais gostoso ainda acompanhar essa migração do papel para o digital, que é uma corrida complicada para todos os meios”, resume Sinval.