Morre aos 59 anos Mario Simas Filho, diretor da IstoÉ

Mario Simas Filho

Mario Simas Filho, diretor de núcleo da revista IstoÉ, morreu na madrugada desta sexta-feira (17/1), em São Paulo, aos 59 anos. Ele tinha câncer no rim e estava internado no Hospital Paulistano. O velório começou às 9h e o sepultamento será por volta às 15h30, no Cemitério Gethsemani, no Morumbi. Deixa mulher, três filhos e dois netos.

Simas trabalhou na Folha da Tarde e na Folha de S.Paulo antes de chegar à IstoÉ. Fez reportagens marcantes, como a que revelou o assassinato (e não suicídio, como havia sido veiculado) de PC Farias, aliado do ex-presidente Fernando Collor. Em 2001, ganhou um Prêmio Esso de Jornalismo pela série Senadores envolvidos na fraude do painel de votação do Senado.

Era filho do também jornalista Mario Simas, especialista em direitos humanos e que defendeu ativistas durante a ditadura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *