* Conteúdo publicitário

Ao planejar suas ações para o ano de 2021, a Mega Brasil apresentou ao mercado e aos executivos de comunicação corporativa do País uma cesta de projetos, combinando tradicionais e novas iniciativas, em que a tônica são os formatos desenvolvidos a partir das transformações provocadas pela pandemia da Covid-19. 

Com isso, a Mega Brasil conquistou até o presente momento a adesão de 58 organizações aos seus vários projetos, entre eles o consagrado Congresso Mega Brasil de Comunicação, Inovação e Estratégias Corporativas, que terá a sua 24ª edição realizada em agosto, novamente online, gratuita e em um formato horizontal, com sessões de duas horas que se sucederão ao longo de duas a três semanas; a 12ª edição do Anuário da Comunicação Corporativa, com lançamento em formato digital no dia 30 de abril pelo canal da TV Mega Brasil Online no Youtube; e o Seminário Mega Brasil de Comunicação Interna e o Mega Brasil Benchmarking, ambos também em formato online e gratuitos, para permitir uma audiência quatro a cinco vezes maiores do que os eventos presenciais.

A eles se somam os Especiais Multiplataforma do Jornal da Comunicação Corporativa, com conteúdo veiculado simultaneamente em plataformas de texto e imagem, e pelos canais da Mega Brasil, de áudio e vídeo, respectivamente no Youtube e no Spotify. Os Especiais serão oferecidos em três momentos: em abril, o especial O Ano da Pandemia fará um balanço do primeiro ano da Covid-19 no Brasil sob a ótica da comunicação corporativa; em outubro, a Edição Especial do JCC que vai celebrar o Dia da Comunicação Empresarial contará A História da Comunicação Empresarial no Brasil; e em dezembro, no Especial de Natal, os colegas da comunicação corporativa do País serão convidados a mostrar suas habilidades artísticas em áreas como música, gastronomia, teatro, entre outras, numa jornada de alegria, descontração, esperança e boas vibrações voltadas à chegada do novo ano.

“As iniciativas da Mega Brasil”, diz Marco Rossi, sócio-diretor da empresa, “têm três objetivos principais: contribuir com projetos de excelência para o desenvolvimento da atividade e dos profissionais que nela atuam; colocar na vitrine, em primeiro plano, as marcas que investem em comunicação corporativa; e reforçar o perfil de liderança dos executivos à frente dessas organizações, principais responsáveis pelo engrandecimento dessa atividade que tem sido decisiva para a sociedade, particularmente nesse doloroso ciclo da pandemia da Covid-19”.

Apresentados ao mercado, os projetos Mega receberam até o presente momento o apoio de 16 grandes marcas – 99, Dow, Gerdau, GM, Intel, Itaú, JBS, Klabin, Localiza, McDonald’s, Sabesp, Sanofi, Stelantis, Telefônica | Vivo, Tim e Yara – e de 42 agências de comunicação: 2PRÓ, Advice, ADS, AliáRP, Blue Chip, BCW, Central Press, C+M Comunicação, Convergência, Dezoito, DFreire, eComunica, Fato Relavante, G&A Comunicação Corporativa, Grupo CDI, Grupo Ideal, Grupo In Press, Grupo Printer, Imagem Corporativa, Ink Comunicação, JeffreyGroup, Kubix, Latam Intersect PRLLYC, Mapa 360, Martha Becker, MSL, NA Comunicação, Oboé Comunicação, Página 1, P3K, Press à Porter, Prefácio Comunicação, Preview News, Race Comunicação, RP Consult, RPMA, Savannah, Temple Comunicação, Trama Comunicação, Texto Assessoria e XCom.

Outras informações com Célia Radzvilaviez, pelo e-mail celiar@megabrasil.com.br.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments